Tamanho do texto

Clube carioca conta com a volta de Rodrigo Caetano para iniciar reestruturação. Clube quer "medalhão" para 2014

Vasco foi rebaixado na partida contra o Atlético-PR
Giuliano Gomes/Gazeta Press
Vasco foi rebaixado na partida contra o Atlético-PR

2013 foi um ano para o vascaíno esquecer. Em uma temporada marcada pela troca constante de treinadores - foram quatro - e também de goleiros e zagueiros, a consequência foi o segundo rebaixamento na história do clube. Em meio a problemas financeiros para a montagem do elenco deste ano, o presidente Roberto Dinamite investiu no retorno do dirigente Rodrigo Caetano para iniciar a reestruturação para 2014.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Com o orçamento menor, uma vez que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco trata como prioridade a contratação de um meia e um atacante de referência para voltar à elite do futebol. Pedro Ken, que pertence ao Cruzeiro, pode renovar o empréstimo e permanecer até o fim da temporada.

O ano do Vasco é lembrado pelas mudanças na comissão técnica e no gol, que sofre desde a saída do experiente Fernando Prass para o Palmeiras. Em 2013, o clube iniciou o Campeonato Carioca com Gaúcho, mas trocou de treinador três vezes durante a campanha. Passaram pelo comando Paulo Autuori, Dorival Júnior e Adilson Batista, este último chegou para tentar reverter o rebaixamento, não conseguiu e acabou renovando para permanecer durante este ano.

Os goleiros também foram problemas para o time em 2013, que revesou Diogo Silva, Michel Alves e Alessandro na posição. Na defesa a mesma situação se repetiu. O Vasco terminou a competição nacional com uma das piores defesas com 63 gols sofridos, resultado de testes com Renato Silva, Rafael Vaz, Jomar, Rafael Silva e Cris.

Até agora, o clube anunciou a chegada de dois reforços. Para se reerguer vai precisar de mais.

Elenco

O clube até que tentou evitar o rebaixamento aproveitando a confusão no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), mas não mudou o que o futebol dentro de campo determinou. Encarando a nova realidade, o Vasco já anunciou as contratações do goleiro Martín Silva e do volante Eduardo Aranda, ambos do Olímpia.

A permanência de Pedro Ken é uma das exigências da diretoria e comissão técnica. Embora tenha a concorrência de outros clubes, o Vasco está otimista e espera uma definição até a segunda-feira (6). Ele é peça fundamental para o meio-de-campo que já perdeu Marlone, revelação do Campeonato Brasileiro e vendido ao Cruzeiro.

Além disso, o clube carioca já iniciou a busca por um camisa 9 a 10 experientes. O time quer repetir a fórmula de 2009, quando apostou em Carlos Alberto para a Série B, e contratar atletas que já tenham títulos no currículo como Felipe e Bernardo.

Não permanecem no elenco neste ano os seguintes jogadores: Tenorio, André, Renato Silva, Nei, Yotún, Fagner e Cris.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.