Tamanho do texto

No Coritiba, atacante peruano alegou motivos pessoais para deixar o clube em 2013 e voltar ao seu país

Raul Ruidiaz, atacante peruano que está na mira do Palmeiras
AFP
Raul Ruidiaz, atacante peruano que está na mira do Palmeiras

Um possível interesse do Benfica já tinha afastado Raúl Ruidíaz do Palmeiras, mas o destino do atacante é o Peru. O próprio jogador, que pertence ao Coritiba, anunciou no Twitter a sua permanência no Universitario, pelo qual foi campeão nacional em 2013, com declarações de amor à equipe.

"Fico no maior, fico em minha casa. O sentimento pode mais do que qualquer coisa. Te amo, Universitario", escreveu o jogador, artilheiro com 21 gols no último Campeonato Peruano, em sua conta particular na rede social.

Mercado da bola: veja o entra e sai de atleta e os boatos que envolvem seu clube

Contratado em 2012 após se destacar pelo Universidad de Chile, Ruidíaz já saiu do Coritiba no ano passado alegando motivos pessoais para voltar ao Peru. Seu desejo de continuar no país em que nasceu pesou para renovar sua permanência no Universitario.

O atacante é o jogador "de beirada" que Gilson Kleina desejava para não precisar tanto de Vinicius, que passou quase todo o segundo semestre de 2013 machucado, e para suprir a ausência de Ananias, devolvido ao Cruzeiro, ou até de Leandro, que ainda precisa de acerto salarial para renovar.

A negociação com Ruidíaz não andou, primeiramente, porque o Coritiba não queria liberá-lo para outro brasileiro e, com a sondagem do Benfica, começou um leilão envolvendo também equipes chilenas e argentinas. O Verdão não quis entrar nessa condição e, assim, acabou facilitando sua permanência no Universitario.

Para o ataque, o Palmeiras já acertou com Rodolfo, que era do Rio Claro, e Diogo, ex-Portuguesa. Kleina gostaria de mais um nome para a posição e, diante das dificuldades para renovar com Leandro, pode solicitar outro atleta no setor, que tem Alan Kardec como único titular garantido.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.