Tamanho do texto

Zagueiro acredita que mesmo com a saída do técnico Vagner Mancini, a base do time paranaense é muito forte

Manoel confia no potencial do grupo do Atlético-PR, apesar da saída de Everton e do técnico Vagner Mancini
Giuliano Gomes/Gazeta Press
Manoel confia no potencial do grupo do Atlético-PR, apesar da saída de Everton e do técnico Vagner Mancini

O mês de dezembro reservou sensações diferentes para o torcedor do Atlético-PR . Após conquistar a vaga na Copa Libertadores da América ao golear o Vasco por 5 a 1, o time viu o triunfo ser ameaçado pelos tribunais, o meia Everton ser contratado pelo Flamengo e o técnico Vagner Mancini não renovar contrato com a diretoria. A confiança de Manoel, porém, não foi abalada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O Atlético mostrou que tinha um time forte e com muito potencial. Essa vaga para a Libertadores foi mais que merecida, demonstra que a nossa base é sólida para a estreia na primeira fase. Muitos desconfiavam e não acreditavam no nosso time. Então mostramos o nosso poder e o nosso foco a cada jogo vencido", exaltou o zagueiro rubro-negro.

A estreia atleticana na competição internacional está marcada para o dia 29 de janeiro, às 22 horas (de Brasília), diante do Sporting Cristal. Com a proximidade da partida em Lima, no Peru, o clube não poderá repetir a estratégia de colocar os titulares em ação apenas após o fim do Campeonato Paranaense, estratégia vista como essencial para a boa campanha em 2013.

O estadual será novamente disputado pela equipe sub-23, mas os principais jogadores do grupo terão bem menos tempo de pré-temporada do que no início deste ano. "O preparo físico era acima da média. A pré-temporada foi muito boa para adquirirmos esse nível de preparação. E a união foi muito importante dentro do grupo. Tudo isso contribuiu", destacou.