Tamanho do texto

STJD irá julgar nesta sexta-feira se Portuguesa, Fluminense ou até mesmo Flamengo jogarão Série B do ano que vem

Nesta sexta-feira, a partir das 11h, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) vai realizar o Pleno para definir o rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro. A Portuguesa tenta reverter uma decisão que culminou em sua queda, salvando o Fluminense. No processo, o Flamengo ainda pode sair prejudicado. Diante desta confusão, a Ponte Preta encontrou uma brecha para se salvar do descenso: organizar um campeonato com 24 times na próxima temporada.

"Eu não tenho expectativa nenhuma de que isso vai se reverter. Para mim ou cai a Portuguesa ou cai o Fluminense, o que a justiça determinar, e serão mantidos os 20 clubes. Eu não vou chamar de virada de mesa. A decisão judicial pode determinar que o campeonato do ano que venha tenha 22 ou 24 clubes. Aí obrigatoriamente tem que ter 24 clubes. Não acredito, mas estamos de olho, bem atentos, se acontecer alguma coisa, queremos o nosso direito também", afirmou Márcio Della Volpe em entrevista à Rádio Jovem Pan .

Apesar das manifestações em defesa da Portuguesa ou do Fluminense, o presidente da Ponte Preta preferiu se manter de forma neutra. Para o mandatário, o clube do Canindé errou e precisa pagar pelo o que fez, mas não tem certeza se o rebaixamento seria a pena ideal. Della Volpe também ressaltou que uma possível permanência da equipe rubro-verde pode acarretar futuros problemas para o futebol nacional.

"Se acontecer de manterem a Portuguesa ou Fluminense, então vão ter que estender a todos. Não existe benefício para um. O fato de a Portuguesa ter escalado jogador irregular está errado. Outros motivos que levem à conclusão de que a Portuguesa não está errada podem ser alegados, mas isso pode prejudicar todos os clubes que tiveram pena de dois, três jogos, e foram obrigados a cumprir. Se um cumpre, todos têm que cumprir. Se um não cumpre, ninguém tem que cumprir", completou o presidente da Ponte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.