Tamanho do texto

Jurgen Klopp minimiza lesões e diz que vantagem disso é poder testar novos jogadores na equipe titular

Vice-campeão alemão e europeu na temporada passada, o Borussia Dortmund vive uma temporada inconstante. Quarto colocado no Campeonato Alemão, com 32 pontos, a 12 do líder Bayern de Munique, o time vê o título como improvável quase impossível. Em contrapartida, na Liga dos Campeões terminou a primeira fase na ponta do Grupo A, à frente de Arsenal e Napoli. Neste contexto, o técnico Jurgen Klopp vê o ano como positivo, deixou de lado a lamentação pelas lesões e exalta os jogadores que assumiram a titularidade emergencial.

Veja classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Alemão

"É a temporada mais difícil da minha carreira de treinador, mas não tem a ver com as lesões. Não há relação. O bom é que Durm, Sarr, Hofmann e outros ganham a chance de jogar em alto nível. É um prazer trabalhar com esses caras. Você lida com a pressão de ter que ganhar. Somos reconhecidos como uma equipe de ponta e seremos lembrados assim", disse o treinador, minimizando as ausências de Hummels, Subotic, Piszczek, Schmelzer e Gündogan.

Em 2014, o primeiro compromisso do Borussia Dortmund será no dia 25 de janeiro, quando recebe o Augsburg, no Westfalenstadion, às 12h30 (de Brasília). Na próxima fase da competição internacional, a equipe alemã terá pela frente os russos do Zenit. O jogo de ida será no dia 25 de fevereiro, terça-feira, às 14 horas, em São Petesburgo.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.