Tamanho do texto

Presidente do Atlético-MG afirma a torcedores que o meia ficará em 2014, mas falta acerto com o irmão do craque

Ronaldinho Gaúcho diz que seu futuro será definido pelo irmão e procurador Assis
Getty Images/Steve Bardens
Ronaldinho Gaúcho diz que seu futuro será definido pelo irmão e procurador Assis

O armador Ronaldinho Gaúcho deverá mesmo ficar no Atlético-MG em 2014. Pelo menos é o que diz o presidente do clube, Alexandre Kalil. Logo após o jogo contra o Guangzhou , na decisão do terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa, ele cumprimentava torcedores presentes em Marrakech e foi questionado sobre o futuro do craque. O mandatário atleticano garantiu que o jogador fica no clube.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O momento do fico foi registrado em vídeo, mas a permanência do atleta ainda depende de uma conversa entre Kalil e Assis, irmão e representante de Ronaldinho. O desejo do jogador é ficar no clube e o acerto deverá ser concretizado nos próximos dias.

Mercado da bola: veja o entra e sai de atleta e os boatos que envolvem seu clube

"Hoje não penso em outra coisa que não seja o Atlético-MG. Agora é descansar e deixar meu irmão conversar com o clube. Eu paro de trabalhar e ele começa. Quem vai falar sobre meu futuro é meu irmão. Ele que vai sentar e conversar. Agora é meu período de férias, vou esquecer um pouco o futebol. É só descansar", disse Ronaldinho.

Veja também: Cuca exalta ano, mas pede desculpas por fracasso no Mundial

Mesmo longe do Brasil, a torcida do Atlético-MG que estava presente em Marrakech pediu ao jogador que ficasse no clube, o que motiva ainda mais R10 a continuar em Belo Horizonte. "É motivante. Toca no coração. Só tenho a agradecer ao torcedor atleticano que me abraçou durante todo o ano, que sempre esteve ao meu lado", comentou.

* Com Gazeta Esportiva

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.