Tamanho do texto

Zagueiro pode acertar com Palmeiras e se anima com possibilidade de reforçar equipe no ano do centenário

Edcarlos vestirá a camisa número 6 do Grêmio
Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio
Edcarlos vestirá a camisa número 6 do Grêmio

Com a saída de Vilson praticamente sacramentada e a improvável renovação com André Luiz, o Palmeiras pode buscar um zagueiro campeão mundial por um rival para o seu centenário. O Palmeiras demonstrou interesse em Edcarlos, ex-São Paulo, e o defensor está disposto a atuar no clube.

"Lógico que eu aceitaria jogar no Palmeiras. É um grande clube, de respeito. Se surgir uma oportunidade boa para o clube e para mim, claro que topo", disse o jogador, em entrevista por telefone, durante suas férias na Bahia. Embora revelado pelo São Paulo, Edcarlos já vestiu a camisa alviverde.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

"Fiz o meu primeiro teste lá e passei três meses treinando no clube, com a possibilidade de retorno. Não voltei porque surgiu o São Paulo e deu tudo certo, mas não há problema nenhum em jogar no Palmeiras", contou o titular do time campeão mundial em 2005.

Com 28 anos e passagem pelas categorias de base da Seleção Brasileira, Edcarlos defendeu o Seongnam Ilhwa Chunma, da Coreia do Sul, neste ano e fica sem contrato no dia 31. Ele quer voltar ao Brasil e o seu empresário já iniciou conversas com o Palmeiras. Interrompeu a negociação nesta semana para acompanhar o Mundial de Clubes, no Marrocos, mas prometeu ao seu cliente definir seu destino em breve.

"O meu empresário não me adianta muita coisa porque deixa para falar quando está praticamente certo, mas já me falou que uma situação boa com um clube de São Paulo. Até a próxima semana deve ter novidade", falou Edcarlos, que, desde que saiu do São Paulo em 2007, atuou por Benfica, Fluminense, Cruz Azul, do México, Cruzeiro, Grêmio e Sport, pelo qual foi rebaixado em 2012 antes de ir para a Coreia do Sul.

O atleta sabe que o Verdão buscará jogadores de sua posição. "Acompanhei da Coreia os jogos do Palmeiras na Série B e sei que agora, no ano do centenário, estão reformulando, como todas as outras equipes. Não sei se serão muitas mudanças no setor defensivo, mas sei que terão mudanças", comentou.

De acordo com Edcarlos, o clube coreano fez uma proposta de renovação e o seu agente até respondeu com uma contraproposta, mas a ideia é voltar ao futebol brasileiro. Sua família teve dificuldades para se adaptar ao país asiático.

"A experiência profissional foi muito boa, fiz muitos amigos, joguei em um clube organizado e conheci uma cultura muito bacana, deu para aprender bastante. Mas foi um pouco difícil para a minha família. Tenho uma filha de três anos, foi complicado para achar escola, para a esposa, fazer amizades, o dia a dia. Pensando na família, retornar para o Brasil seria muito bom", explicou o zagueiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.