Tamanho do texto

Técnico espera chegada de atletas comprometidos com meta de devolver time à primeira divisão

Adilson Batista, técnico do Vasco
Flickr/Vasco
Adilson Batista, técnico do Vasco

Após renovar contrato com o Vasco para a próxima temporada, o técnico Adilson Batista já definiu o perfil dos reforços que procura para a equipe para a disputa do Campeonato Carioca, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro Série B.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

"Queremos trabalhar com jogadores disciplinados e com espírito de grupo. Atletas que tenham espírito vencedor, responsabilidade, profissionalismo e que queiram crescer no futebol", disse o comandante vascaíno em entrevista à Rádio Globo .

No entanto, um dos obstáculos do Vasco para a reformulação do elenco para a próxima temporada é a crise financeira no clube. A situação se agravou ainda mais com a decisão da Nissan, patrocinadora máster do time, que rescindiu o contrato após a briga entre torcedores cruz-maltinos e do Atlético-PR na Arena Joinville, durante a última rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, a diretoria deve promover redução salarial em todas as áreas.

O técnico admitiu que o clube está com o planejamento atrasado. Entre os motivos, está a recente indefinição quanto à permanência do Vasco na Série A com o pedido de impugnação da partida contra o Atlético-PR, paralisada pela briga por tempo acima do permitido. Com a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em manter o resultado, outro entrave é a situação política do time, que se prepara para novas eleições.

"Estamos sim um pouquinho atrasados em relação aos demais. Independentemente da indefinição por Série A ou Série B, já era preciso ter nomes em mente para nos reforçarmos, além de segurar atletas. Muitos outros rivais já estão encaminhados", alertou Adilson.