Tamanho do texto

Fora de casa, equipe de David Moyes venceu por 2 a 0, enquanto o West Ham elimina o rival local

Evra comemora o gols do United diante do Stoke
Darren Staples/Reuters
Evra comemora o gols do United diante do Stoke

Com o rival City classificado depois de vencer nesta terça-feira, o Manchester United precisava espantar a zebra nesta quarta para conseguir avançar na Copa da Liga Inglesa. Desta forma, visitou o Stoke City e conseguiu a vitória por 2 a 0, resultado suficiente para colocar a equipe nas semifinais da competição. No outro duelo do dia, o Tottenham foi surpreendido pelo West Ham e acabou eliminado depois de perder por 2 a 1 em casa.

Comente esta notícia com outros torcedores

Depois de um primeiro tempo ruim, o Manchester United voltou do intervalo com a missão de espantar a zebra, mesmo jogando fora de casa. Desta forma, conseguiu abrir o placar aos 17 minutos da etapa complementar. Em uma rápida jogada, o mexicano Hernández recebeu na entrada da área, ajeitou para Young, que colocou a bola nas redes.

Após o gol, o Stoke City tentou chegar mais ao ataque, mas o Manchester United seguia com o domínio do confronto. Para definir o duelo, no entanto, a equipe visitante marcou o segundo aos 32 do segundo tempo. O experiente Evra recebeu o passe de Young, autor do primeiro gol, invadiu a área e bateu cruzado, colocando no ângulo do goleiro Sorensen.

West Ham vira sobre o Tottenham

Sem contar com os brasileiros Sandro e Paulinho, o Tottenham recebeu o West Ham nesta quarta-feira, em White Hart Lane, mas acabou surpreendido pelos visitantes. Depois de sair na frente do marcador, permitiu a virada nos dez minutos finais e foi eliminado da Copa da Liga Inglesa com uma derrota por 2 a 1.

Para evitar a surpresa, o Tottenham começou o jogo pressionando os visitantes, mas conseguiu inaugurar o marcador apenas no segundo tempo. Aos 22 minutos, Defoe começou a jogada que terminou nos pés do atacante Adebayor. O togolês não desapontou e balançou as redes pela primeira vez.

A torcida londrina já pensava na próxima fase, mas os visitantes resolveram incomodar no final e surpreenderam. Aos 35 minutos, Taylor serviu Jarvis, que empatou a partida e deixou o jogo dramático. A ‘ducha de água fria’ sobre os anfitriões veio aos 40, quando Diamé passou para Maiga, o responsável por selar a classificação do West Ham.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.