Tamanho do texto

Jogadores do Galatasaray exibiram camisetas com homenagens ao ex-presidente sul-africano, que faleceu no início de dezembro

A Federação Turca decidiu não punir o atacante Drogba e o lateral direito Eboué, ambos do Galatasaray, por causa das homenagens que os marfinenses fizeram ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, que faleceu no início deste mês.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O marfinense Drogba saúda a torcida usando uma camisa em homenagem a Nelson Mandela
AP
O marfinense Drogba saúda a torcida usando uma camisa em homenagem a Nelson Mandela

"A suposta quebra das regras não aconteceu na realidade, então não há necessidade de qualquer ação", disse a entidade máxima do futebol turco nesta terça-feira, por meio de comunicado oficial.

Drogba e Eboué homenagearam o ex-líder sul-africano após a vitória do Galatasaray sobre o Elazigspor, em partida válida pelo Campeonato Turco. O centroavante exibiu uma camisa com a frase "Obrigado, Madiba (apelido de Mandela)", enquanto o lateral direito mostrou os dizeres "Descanse em paz, Nelson Mandela".

Recentemente, a Federação Turca puniu jogadores do Fethiyespor que exibiram mensagens homenageando Mustafa Keral Atatürk, primeiro presidente da Turquia, alegando a intenção de manter a política fora das quatro linhas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.