Tamanho do texto

Comandante disse que time não colocou a teoria em prática e reconheceu que todo o grupo foi mal em campo

Cuca lamentou desclassificação do Atlético-MG
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Cuca lamentou desclassificação do Atlético-MG

O técnico Cuca admitiu que o Atlético-MG não conseguiu fazer um bom jogo contra o Raja Casablanca na semifinal do Mundial de Clubes. O treinador entende que o time não conseguiu colocar em prática o que foi treinado para a partida e acabou sendo envolvido pelo time do Marrocos. Segundo ele, praticamente todo o time foi abaixo das expectativas.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Eu vi um jogo que não jogamos bem. Tudo que a gente trabalhou não conseguimos colocar em prática. Nem a velocidade, nem as diagonais, nem as infiltradas que nós trabalhos. Tivemos mais oportunidades de gol, mas não fomos bem. Nós jogamos mal quase que todos. O Raja teve quatro chutes em gol e acabou fazendo três e nos envolveu na base da velocidade", analisou.

Leia mais:  Jô e Tardelli apontam erros do Atlético-MG e pedem desculpas à torcida

O treinador lamentou o fato do Atlético-MG não ter conseguido marcar sob pressão como costuma fazer contra os adversários. Cuca reconhece que no momento mais importante, a equipe acabou falhando e frustrando as expectativas de milhões de torcedores. O técnico pediu desculpas a eles e afirmou que o momento é de levantar a cabeça.

"Nossa equipe não foi aquela que rouba a bola do adversário com facilidade. Infelizmente no jogo mais importante nosso do ano acabamos pecando. Neste momento o que se tem que fazer é ter responsabilidade, profissionalismo, dividir entre nós a culpa pelo mau jogo e pedir desculpas para o torcedor. Vamos tentar levantar a cabeça, por mais difícil que seja, porque é nossa vida", declarou.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.