Tamanho do texto

Ribéry reconhece favoritismo contra o time chinês e busca vaga na decisão do Mundial

Bayern de Munique admite favoritismo no Mundial de Clubes
Getty Images
Bayern de Munique admite favoritismo no Mundial de Clubes

Representante da Europa no Mundial de Clubes, o Bayern de Munique faz sua estreia nesta terça-feira diante do chinês Guangzhou Evergrande. Com o objetivo de fechar o ano perfeito com mais um título, o time bávaro começa sua jornada no torneio no Estádio de Agadir, às 17h30 (horário de Brasília) e não foge do favoritismo.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Claro que ainda temos dois jogos que precisamos vencer, mas, se conseguirmos conquistar o troféu, teremos ótimas festas de fim de ano para nós e nossas famílias", disse em entrevista coletiva o francês Ribéry, que admitiu o Bayern como favorito. "Não sei muito sobre o time chinês, mas certamente somos favoritos", reconheceu o jogador.

Já o goleiro Neuer trabalhou outra linha de raciocínio, vendo o torneio como mais uma chance para entrar na história. "O Mundial de Clubes é nossa última meta no ano. Estamos sendo muito bem sucedidos, mas agora queremos a glória. É uma competição muito especial para nós", disse em entrevista coletiva o goleiro Neuer, que ainda diz não subestimar o oponente asiático. "Nós queremos vencer o campeonato, então definitivamente teremos a atitude correta", finalizou.

Líder com uma invencibilidade de 41 jogos no Campeonato Alemão, o Bayern atualmente é um dos times mais temidos do mundo. Com apenas uma derrota nos últimos 29 jogos, a equipe comandada por Pep Guardiola vem fazendo bonito no torneio nacional e na Liga dos Campeões, sendo postulante ao título nas duas competições. Mesmo com os desfalques de Badstuber, Robben e Schweinsteiger, o time alemão não chega fragilizado ao Mundial de Clubes, já que conta com peças de reposição de prestígio, como Toni Kroos e Mario Gotze.

Por outro lado, o Guangzhou Evergrande sabe da força do adversário, mas chega à semifinal com confiança por ter batido o Al Ahly por 2 a 0 na fase anterior. O time chinês também vive bom momento e foi derrotado apenas uma vez nos últimos 19 compromissos. Além da Copa dos Campeões da Ásia, o Guangzhou ainda levantou as taças do Campeonato Chinês e da Copa da China, estabelecendo-se como um dos times asiáticos em melhor momento.

A boa temporada é reflexo de ótimas atuações de Conca, Elkeson e Muriqui. O trio sul-americano é a grande aposta do treinador italiano Marcelo Lippi para que o time chinês encare os favoritos em iguais condições. O atacante ex-Botafogo é o artilheiro da equipe na temporada com impressionantes 25 gols em 35 jogos e marcou na vitória sobre o time egípcio, no último sábado. Agora no jogo mais importante de sua carreira, Elkeson espera ter boa atuação para, quem sabe, ajudar o Guangzhou a derrubar o Bayern de Munique.

Guangzhou Evergrande e Bayern de Munique definirão o primeiro finalista do Mundial de Clubes à partir das 17h30 (de Brasília) desta terça-feira, em Agadir. O vencedor deste duelo encara Atlético-MG ou Raja Casablanca na final.

    Leia tudo sobre: bayern de munique

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.