Tamanho do texto

Goleiro de 36 anos se disse triste por não ter seu contrato renovado com o Santos. "Perdi a alegria de jogar", disse Fabio Costa

Aoos 36 anos, Fábio Costa anunciou a sua aposentadoria dos gramados
Divulgação
Aoos 36 anos, Fábio Costa anunciou a sua aposentadoria dos gramados

O goleiro Fábio Costa, cujo contrato com o Santos se encerra no próximo dia 31, anunciou sua aposentadoria neste domingo. Aos 36 anos, um dos heróis do título brasileiro de 2002, que está completando 11 anos, revelou a decisão de abandonar os gramados em entrevista à Santa Cecília TV .

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"São 21 anos como profissional, desde os 15 anos nesse ritmo. Perdi a alegria de jogar. Não tenho mágoas do Santos, apenas fico triste por não terem me escolhido", declarou o goleiro.

Fábio Costa, que se desligou do São Caetano, seu último clube, em maio deste ano - após ser acusado de injúria racial contra o lateral Samuel Santos -, foi informado no fim de novembro de que não teria seu contrato renovado pelo Peixe.

Mesmo aposentado, o goleiro revelou que continuará trabalhando com futebol. "Teria que ser uma coisa que fizesse muita diferença para me fazer mudar de ideia. O meu perfil não se encaixa no mercado hoje. Minha vida segue fora de campo. Vou trabalhar na empresa que cuidou da minha carreira". Mesmo sem contar com o goleiro, a diretoria do Santos desembolsava cerca de R$ 170 mil por mês para manter Fábio Costa. A diretoria atual, presidida neste momento por Odílio Rodrigues, nunca teve um bom relacionamento com o goleiro - ao contrário do que acontecia na gestão Marcelo Teixeira.

Pelo Vitória (clube que o revelou), Fábio Costa conquistou três títulos baianos (1996,1997 e 1998). Com a camisa do Santos, venceu o Campeonato Brasileiro de 2002 e dois Paulistas (2006 e 2007). Transferido ao Corinthians em 2004, o goleiro venceu o Brasileiro de 2005 pelo time de Parque São Jorge.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.