Tamanho do texto

De acordo com o empresário do volante, ele se reapresentará no Grêmio no dia 3 de janeiro. Diretoria havia prometido procurá-lo, mas sequer marcou reunião com o jogador

Léo Gago volta ao Grêmio
Djalma Vassão/Gazeta Press
Léo Gago volta ao Grêmio

Por omissão, o Palmeiras vem abrindo mão de Léo Gago. O clube tinha se comprometido a se manifestar nesta segunda-feira sobre suas intenções com o jogador, mas descumpriu sua palavra e o Grêmio, que tem contrato com o volante por mais um ano, já solicitou que ele treine com seu elenco na pré-temporada.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"O Palmeiras não nos procurou. E o Grêmio já pediu para o Léo se apresentar em 3 de janeiro", informou o empresário do meio-campista, Jorge Moraes, à Gazeta Esportiva . Foi o próprio agente que ouviu dos dirigentes do Palmeiras a promessa de procurá-lo após o último fim de semana, ciente de que o empréstimo do Grêmio acaba no dia 31.

Diante da inércia palmeirense, Léo Gago está longe de conhecer seu destino em 2014. Seu empresário não tem condições nem de dizer que o time de Gilson Kleina está descartado. "Não sei se ele vai jogar no Grêmio ou o que o Grêmio quer fazer com ele. Só sei que o Grêmio pediu a reapresentação do Léo", disse Jorge Moraes.

Titular durante o Campeonato Paulista, Léo Gago operou o tornozelo direito em maio e acabou sendo pouco utilizado na Série B do Brasileiro, ficando na reserva nas últimas rodadas. O jogador, contudo, tinha a intenção de continuar no clube no ano que vem, quando o Palmeiras completa 100 anos de fundação.

Para ficar, o volante estava disposto até a discutir um contrato por produtividade, como tenta implantar o presidente Paulo Nobre, recebendo um salário menor e prêmios maiores, contanto que seus vencimentos mensais não fossem menores aos que receberia se continuasse no Grêmio. Mas a cúpula, como tem feito com todos que negociam renovação, não se manifestou.