Tamanho do texto

Volante quer continuar no clube e aguarda reunião com a diretoria para definir o futuro

Leandro Guerreiro quer continuar no Cruzeiro
Washington Alves/VIPCOMM
Leandro Guerreiro quer continuar no Cruzeiro

A conquista do Campeonato Brasileiro é um dos trunfos do Cruzeiro para reforçar e manter o elenco para a próxima temporada. E o bom ambiente do clube faz até mesmo com que Leandro Guerreiro, que pouco atuou na temporada, aceite uma redução salarial para poder permanecer na Toca da Raposa em 2014.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"A minha ideia é permanecer. O Alexandre (Mattos, diretor de futebol) pediu um tempo para resolver, então estou na espera. Gostaria de ficar e ele pediu esse tempo para ver a situação, não me disse nem sim, nem não. Estou na expectativa e na esperança de receber um sim, porque eu quero ficar", destacou o volante em entrevista ao Superesportes .

O jogador de 35 anos tem contrato com o time celeste até o final deste ano e pretende se aposentar na equipe: "Poderia reduzir o salário, não teria problema nenhum. O Cruzeiro vai disputar mais títulos no ano que vem, para mim isso é muito importante. Vamos sentar e conversar, porque em termos de valores não teria problema".

Leandro sabe que precisa ouvir propostas de outros clubes para evitar transtornos caso o Cruzeiro decida não estender seu vínculo que já dura três anos. Com discurso realista, o volante exaltou Belo Horizonte por ter acolhido bem seus familiares, mas reconhece que pode dará prejuízo aos cofres da Raposa se permanecer na próxima temporada.

"Me adaptei muito bem a Minas e minha família também, mas a gente sabe que há vários fatores no futebol. Sei que não vou dar mais retorno financeiro para o clube e que isso pesa bastante. Vamos colocar tudo na balança para ver se vale a pena para o clube a minha permanência", ressaltou o veterano, com passagens por Internacional, Guarani, Criciúma e Botafogo.