Tamanho do texto

Decisão teria sido tomada pela própria matriz da empresa japonesa Nissan, patrocinadora master do time carioca, surpreendida com a violência no jogo contra o Atlético-PR

Torcedor do Atlético-PR é resgatado da arquibancada da Arena Joinville após ser espancado
JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS
Torcedor do Atlético-PR é resgatado da arquibancada da Arena Joinville após ser espancado

De acordo com informações da revista Veja , a Nissan, patrocinadora máster do Vasco, quer rescindir o contrato com o clube carioca. A empresa teme repercussão negativa da marca com as imagens da briga entre torcedores do cruz-maltino e do Atlético-PR, que correram por todo o mundo na última semana.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Fechado em julho de 2013, o contrato entre o clube e a montadora é de R$ 7 milhões por ano e tem duração de três temporadas. A decisão teria sido tomada pela própria matriz da empresa japonesa, surpreendida pelo ocorrido.

Leia mais: STJD tira 12 mandos do Atlético-PR e oito do Vasco por briga de torcidas

Tanto o presidente vascaíno Roberto Dinamite quanto o diretor jurídico Gustavo Pinheiro negaram a informação, dizendo não ter recebido qualquer notificação da empresa. Pinheiro ainda acrescentou que não há motivo para isso, já que o clube não era responsável pela organização da partida.

No último domingo, torcedores de Atlético-PR e Vasco entraram em confronto na Arena Joinville, durante a rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro. Por causa da briga, o jogo ficou paralisado por mais de uma hora. Na sexta, os dois clubes foram penalizados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva com a perda de mandos de campo.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas