Tamanho do texto

Semifinal contra time mineiro está marcada para a quarta-feira. Time de Conca, Guangzhou Evergrande encara Al Ahly por vaga diante do Bayern

Monterrey realiza treino antes de encarar o Raja Casablanca
AP
Monterrey realiza treino antes de encarar o Raja Casablanca

A partir das 17h30 deste sábado, o representante do país sede do Mundial de Clubes, Raja Casablanca, encara o Monterrey, do México. Válido pelas quartas de final do torneio, o confronto decide qual será o adversário do Atlético-MG na próxima fase.

Quem vai encarar o Atlético-MG no Mundial de Clubes? Comente com outros leitores

No segundo semestre deste ano, as duas equipes tiveram campanhas de altos e baixos. O Raja Casablanca, campeão marroquino na temporada passada, ocupa o modesto oitavo lugar após doze rodadas do nacional. A vitória sobre o Auckland City, na primeira fase do Mundial de Clubes, foi a única nos últimos cinco jogos da equipe. O Monterrey também não vive um grande momento, tendo vencido duas das últimas seis partidas, mas é o favorito para o confronto.

Leia mais: Pierre pede foco do Atlético-MG logo na semifinal: 'Competição de tiro curto'

A equipe mexicana aposta no faro de gol do veterano Humberto Suazo, principal artilheiro do time na temporada, com dez gols em 17 jogos. Esta é a terceira vez que o Monterrey disputa o Mundial de Clubes da Fifa. A equipe chegou à semifinal no ano passado, quando acabou eliminado pelo Chelsea ao ser derrotado por 3 a 1. A outra participação foi em 2011, quando caiu logo no primeiro jogo, ao perder nos pênaltis para o Kashiwa Reysol.

Mas o tricampeonato continental do adversário não assusta o zagueiro Mohamed Oulhaj, que aposta em uma boa campanha do Raja Casablanca no Mundial de Clubes. "Nossa equipe é capaz de chegar longe. Somos os campeões nacionais, vencemos a Copa do Marrocos e contamos com vários jogadores importantes no elenco. O Raja não tem por que temer os adversários", declara.

E ainda:  Victor já projeta confronto contra o Bayern e quer ser protagonista

Já o treinador dos rayados, José Guadalupe Cruz, quer o time concentrado para conseguir uma vaga na semifinal. "Penso que disputar um Mundial de Clubes, mais do que uma pressão extra, é uma grande oportunidade para fazer as coisas bem e mostrar ao mundo futebolístico que temos fé em nosso jogo, em nossa equipe, em nossas pessoas. Temos que ter 100% de concentração durante a partida para continuar com o sonho de ser campeão mundial", afirma o técnico.

A partida entre Raja Casablanca e Monterrey está marcada para as 17h30 deste sábado, no Estádio de Agadir, no Marrocos. O vencedor do duelo enfrenta o Atlético-MG, na semifinal do Mundial de Clubes, na próxima quarta-feira.

Time de Conca encara o Al Ahly

Italiano Marcello Lippi é o técnico do chinês Guangzhou Evergrande
Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Italiano Marcello Lippi é o técnico do chinês Guangzhou Evergrande

Maior vencedor da Liga dos Campeões da África, com oito títulos, o Al Ahly precisa bater o Guangzhou Evergrande, às 14 horas deste sábado, para chegar à semifinal do Mundial de Clubes. O time chinês venceu a Liga dos Campeões da Ásia pela primeira vez neste ano e é liderado por Darío Conca, mas tem como principal goleador o brasileiro Elkeson, ex-Botafogo. O confronto decide o adversário do Bayern de Munique na semifinal.

"Nós acreditamos que podemos brigar pela conquista do título, mas sabemos que para isso é preciso passar por esse primeiro jogo", projetou Conca, que vê seu time chegar pela primeira vez ao torneio intercontinental.

Já o O Al Ahly é um dos experientes times dessa edição. O representante do Egito já disputou o Mundial de Clubes quatro vezes: em 2005, 2006, 2008 e 2012. Em 2008 conseguiu o terceiro lugar. O clube é considerado um gigante da África, tendo conquistado nada menos do que 17 títulos continentais.

"Estamos pensando em ganhar o primeiro jogo, o que não será tarefa das mais tranquilas", reconheceu Mohamed Youssef. Caso o duelo deste sábado termine empatado no tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.