Tamanho do texto

William Batista da Silva estava sob cuidados no Centro Hospitalar da Unimed após briga entre torcedores de Atlético-PR e Vasco

William Batista da Silva, único torcedor que ainda permanecia internado por causa da briga durante a partida entre Atlético-PR e Vasco, recebeu alta nesta sexta-feira. O torcedor, inicialmente internado no Hospital Municipal São José, havia sido transferido para o Centro Hospitalar da Unimed.

William foi levado da Arena Joinville até o hospital em um helicóptero. O torcedor teve detectada uma fratura no crânio.

Os outros três torcedores encaminhados ao hospital já haviam recebido alta durante esta semana.

STJD tira 12 mandos do Atlético-PR e oito do Vasco por briga de torcidas

A briga teve início aos 16 minutos do primeiro tempo, quando o placar marcava 1 a 0 para o Atlético-PR. Adeptos de ambos os times se aproveitaram que poucos seguranças faziam a separação entre as torcidas e deram início ao confronto.

O reinício da partida só aconteceu mais de uma hora depois da eclosão da briga. O placar final de 5 a 1 garantiu a terceira colocação ao Atlético-PR e decretou o rebaixamento do Vasco à Série B do Campeonato Brasileiro.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.