Tamanho do texto

Considerado por ter sido responsável pela saída do meia do clube espanhol, técnico do Bayern de Munique não economiza nos elogios ao atleta do Atlético-MG

Pep Guardiola, técnico do Bayern de Munique
MICHAELA REHLE/REUTERS
Pep Guardiola, técnico do Bayern de Munique

Se o Bayern de Munique chegar à final do Mundial de Clubes e tiver o Atlético-MG pela frente, dois velhos conhecidos estarão em lados opostos na busca pelo título. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Pep Guardiola, considerado o responsável pela saída de Ronaldinho Gaúcho do Barcelona em 2008, negou ter influenciado na transferência e rasgou elogios ao meia.

"Me lembro que Ronaldinho chegou ao Barcelona num momento em que era um clube triste, sem autoestima, sem espírito vencedor. Com o seu futebol e carisma, Ronaldinho mudou este clube e nos deu autoestima, personalidade e nos encaminhou para as vitórias", declarou.

Quando transferido para o Milan, os dirigentes do Barcelona fugiram dos esclarecimentos e deram espaço para a imprensa espanhola sugerir que Guardiola teria conseguido afastar Ronaldinho por causa da vida noturna do jogador. O técnico, porém, fez questão de negar e lembrou que o meio-campista tinha o desejo de deixar a Catalunha.

"Ronaldinho deixou o time porque chegamos a um acordo entre três partes: o clube, o jogador e o seu empresário. Todos concordaram que era o melhor momento para mudar de ares. Ele foi para Milão e continuou jogando muito bem. É um jogador fantástico. Esperamos que possamos chegar à final e encontrar o Atlético", disse.

O Bayern de Munique ainda tem um compromisso pelo Campeonato Alemão antes de viajar para o Marrocos. Líder do nacional, o time bávaro recebe o Hamburgo na Allianz Arena, às 12h30 deste sábado, em partida válida pela 16ª rodada. A estreia no Mundial de Clubes será realizada na próxima quarta-feira, contra o vencedor do confronto entre Al Ahly, do Egito, e Guangzhou Evergrande, da China.

*Com Gazeta

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.