Tamanho do texto

Cartola reconhece dificuldade do grupo e enaltece busca pelo título no próximo ano

Grêmio já pensa na Libertadores no ano que vem
Flickr oficial do Grêmio
Grêmio já pensa na Libertadores no ano que vem

Coube ao Grêmio o chamado "grupo da morte" da Libertadores 2014. O clube foi sorteado na chave com Newell’s Old Boys, o atual campeão colombiano Atlético Nacional e o classificado do confronto entre Nacional-URU e Oriente Petrolero. A chave é considerada a mais equilibrada da etapa de grupos da competição.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"O desafio vai ser grande, é um grupo com grandes equipes, mas o Grêmio é um clube vocacionado para vencer a Libertadores", disse o diretor de futebol Rui Costa à Rádio Gaúcha, após o sorteio, realizado na sede da Conmebol, em Assunção.

A única destas equipes que o Grêmio ainda não enfrentou na Libertadores é o Newell’s. O Atlético Nacional foi o adversário do time gaúcho na final de 1995. Com uma vitória por 3 a 1 no Olímpico e um empate por 1 a 1 em Medellín, o Grêmio conquistou o bicampeonato continental naquela oportunidade.

O Nacional-URU foi rival gremista em 1998 e 2002. Nas duas oportunidades, o Tricolor eliminou os uruguaios - primeiro nas oitavas, e quatro anos depois nas quartas de final. Já o Oriente Petrolero, caso elimine os uruguaios na pré-Libertadores, também não será uma novidade na vida gremista. Em 2002 e 2011 as equipes se encontraram na fase de grupos. Foram três vitórias dos gaúchos e uma dos bolivianos.

A Libertadores de 2014 será a 15ª que contará com a participação do Grêmio - só o São Paulo, com 16, tem mais Copas disputadas que o time gaúcho. O Tricolor foi campeão em 1983 e 1995, e vice em 1984 e 2007.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.