Tamanho do texto

Contrato estaria ligado à frequência em campo. Segundo empresário, o "acerto ainda não está perto" e é preciso conversar um pouco antes de definir qualquer coisa

Márcio Araújo, jogador do Palmeiras, comemora seu gol durante partida contra o Atlético Sorocaba
Gazeta Press
Márcio Araújo, jogador do Palmeiras, comemora seu gol durante partida contra o Atlético Sorocaba

Márcio Araújo é o 46º jogador que mais vestiu a camisa do Palmeiras , e só depende dele a possibilidade de continuar subindo na lista. O clube deixou com o empresário do volante sua proposta de renovação, dentro da filosofia de contrato de produtividade, e a primeira impressão é de que novas reuniões deverão acontecer.

Márcio Araújo deve seguir ou sair do Palmeiras? Comente com outros leitores

Sem vínculo com o time paulista a partir de 31 de dezembro, um dos atletas mais criticados pela torcida está viajando de férias e tem retorno marcado para São Paulo para esta quinta-feira. Seu representante, Claudio Guadagno, promete apresentar a ideia palmeirense logo para o cliente, mas sem mostrar animação.

Novidade no Palmeiras? Alex quer falar com presidente do Coritiba antes de analisar ofertas

"O acerto ainda não está perto. Ainda vamos ter que conversar um pouco antes", disse o empresário. A sequência das negociações dependerá, principalmente, da análise que Márcio Araújo fizer da proposta entregue ao agente, mas é bem provável que ele corrobore a avaliação de Claudio Guadagno. A intenção do Verdão é que o contrato de produtividade de Márcio Araújo o premie por algo comum nos quatro anos do atleta no clube: frequência em campo. O bônus por objetivo também abrange as metas que a equipe atingir no ano de seu centenário.

Leia ainda: Paulo Nobre admite falta de atenção ao clube social e promete investimentos

Márcio Araújo foi procurado pela diretoria antes mesmo de Gilson Kleina acertar sua renovação, mas as conversas só tiveram propostas recentemente. O treinador reforçou seu aval para a permanência do atleta que, em sua opinião, foi um dos destaques na conquista da Série B do Brasileiro deste ano.

Mesmo já livre para assinar pré-contrato com qualquer clube e sair de graça já, Márcio Araújo sempre assegurou que não ouviria ninguém, dando total prioridade ao Palmeiras. Apesar de receber frequentemente críticas das arquibancadas, o volante raramente foi reserva desde sua chegada, em 2010, e afirmou se sentir em casa no clube onde tem 252 jogos, sete gols e o título da Copa do Brasil de 2012, além da última Série B.