Tamanho do texto

Ponte Preta vivia a expectativa do título da Sul-Americana, o que mudaria o planejamento. Com derrota na final, agora é hora de acelerar as negociações para a próxima temporada

Após a derrota para o Lanús na final da Copa Sul-Americana por 2 a 0 , que deu o título da competição à equipe argentina, o presidente da Ponte Preta , Márcio Della Volpe admitiu que o planejamento da equipe para a próxima temporada ficou mais difícil.

Deixe seu recado e comente com outros leitores


"Nós sabíamos que não teríamos muito tempo por conta da Sul-Americana, mas vivíamos a expectativa de sair com o título, o que mudaria o planejamento. Com a derrota fica mais difícil", analisou.

Leia também: Ponte-pretanos se emocionam e pedem desculpa à torcida por derrota para Lanús

Apesar de reconhecer a dificuldade e o atraso para a montagem da equipe em 2014, o presidente declarou que vai trabalhar para manter elenco e treinador vice-campeões sul-americanos.

E ainda: Jorginho compara derrota da Ponte à eliminação do Brasil na Copa de 1990

"Já vamos começar a conversar com os jogadores nesta semana, para encaminhar quem vai ficar. Sabemos que vários jogadores do time se destacaram e que outros times vão vir atrás, mas vamos trabalhar para mantê-los, lembrando que vamos sofrer uma redução de custos por conta do rebaixamento", afirmou.

Apesar de não ter citado o nome de Jorginho, Della Volpe deseja manter o comandante em 2014. O treinador, que ainda não acertou sua renovação com o clube campineiro, deu a entender que deve permanecer em Campinas na próxima temporada: "Não fui procurado por nenhum outro clube, ainda. Sinceramente, não teve nenhum contato", garante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.