Tamanho do texto

Lateral-esquerdo teria sido suspenso também pelo STJD e escalado para o jogo contra o Cruzeiro, na última rodada

André Santos teria sido escaldo irregurlamente contra o Cruzeiro
Rodrigo Villalba/Futurapress
André Santos teria sido escaldo irregurlamente contra o Cruzeiro

A Portuguesa não é o único clube que corre risco de ter o que foi decidido em campo mudado após o Campeonato Brasileiro. A escalação de André Santos no empate com o Cruzeiro, na última rodada, pode ser irregular porque o lateral foi suspenso pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) na sexta-feira e o possível erro custaria quatro pontos ao clube.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

A possibilidade de rebaixamento existe caso o Flamengo realmente perca quatro pontos e o Vasco triunfe em sua tentativa de somar os três pontos conquistados pelo Atlético-PR no domingo, em jogo que prosseguiu mesmo após parada de mais de uma hora por conta de pancadaria entre torcedores.

Se as duas possibilidades forem confirmadas, o Flamengo ficaria com 45 pontos, enquanto o Vasco atingiria 47. A decisão sobre a punição à Portuguesa, que beneficiaria o Fluminense, não influencia no que ocorreria com a equipe da Gávea.

O problema com André Santos é que o lateral foi expulso na final da Copa do Brasil e acabou ficando fora do jogo seguinte, mas pelo Brasileiro, contra o Vitória, antes mesmo do parecer do STJD sobre o seu cartão vermelho. O julgamento de sexta-feira o suspendeu, e, mesmo assim, ele foi escalado no sábado.

A punição prevista nesses casos é de três pontos mais os pontos que foram conquistados na partida - como houve empate, o prejuízo seria de quatro pontos. O STJD, contudo, ainda não fez denúncia em relação ao Flamengo, que assegura ter garantias jurídicas em relação à escalação de André Santos.