Tamanho do texto

Atacante brasileiro minimiza pressão por gols na Liga dos Campeões e já pensa na reabilitação no Campeonato Espanhol, após derrota para o Athletic de Bilbao

Neymar comemora o terceiro gol do Barcelona diante do Celtic
AP
Neymar comemora o terceiro gol do Barcelona diante do Celtic

Neymar foi o grande protagonista da última rodada do grupo H da Liga dos Campeões da Europa. Sem a companhia de Lionel Messi e Cesc Fábregas, o brasileiro não se incomodou com a pressão e desfilou no gramado do Camp Nou para finalmente desencantar no torneio continental - e logo com três gols na goleada por 6 a 1 sobre o Celtic.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

O jogador revelado nas categorias de base do Santos começou a partida atuando centralizado, no posto de falso 9 usualmente ocupado pelo lesionado Messi. O time catalão vencia por 1 a 0, mas não engrenava em campo, até que o técnico Gerardo Martino puxou Pedro para o meio e abriu Neymar na ponta esquerda para escancarar a perdida defesa escocesa.

Confira a tabela de classificação da Liga dos Campeões

"Prefiro jogar, independentemente se é no centro ou nas pontas. Já joguei nas duas e só quero ajudar a equipe", garantiu o astro após a partida, quando aproveitou para negar que estivesse jogando pressionado por não ter balançado as redes na competição: "Não sentia pressão, mas eu mesmo me cobrava, porque gosto de fazer e de participar dos gols".

Decisivo para classificar o Barcelona na primeira colocação do torneio europeu, Neymar agora espera ajudar a equipe a se recuperar no Campeonato Espanhol após a derrota para o Athletic de Bilbao. "Conseguimos encerrar a desconfiança, agora é voltar ao chip de La Liga para buscar as vitórias", projetou o craque, pensando em manter a liderança na disputa com o Atlético de Madri.

No próximo sábado, Neymar volta a campo para encarar sua 22ª partida pelo Barcelona. Diante do Villarreal, o atacante poderá aumentar a marca de oito gols pelo clube na partida marcada para as 17h (de Brasília), novamente no Camp Nou.