Tamanho do texto

Equipe carioca corre risco de rebaixamento caso perca pontos por escalar André Santos de forma irregular

A diretoria do Flamengo se pronunciou sobre a chance de punição pela escalação do lateral-esquerdo André Santos em partida contra o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro. A possibilidade de pena (perda de quatro pontos) deixaria o clube carioca em risco até de rebaixamento à Série B do Brasileiro, mas a cúpula rejeita o temor pela chance de julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Comente esta notícia com outros torcedores

Aliás, em nota oficial, o Flamengo reclamou da "tentativa de se usar ações na Justiça para se sobrepor aos resultados esportivos conseguidos nos gramados". O clube alega que cada instituição obteve a sua classificação em função do desempenho nas 38 rodadas do Nacional.

Veja a nota:

"Tendo em vista as notícias publicadas pela imprensa a respeito da escalação do nosso atleta André Santos no jogo contra o Cruzeiro, o Clube de Regatas do Flamengo manifesta sua absoluta tranquilidade em relação ao caso, respaldando sua posição nos diversos artigos que regem a lei esportiva e nas resoluções da Confederação Brasileira de Futebol.

Caso o Flamengo venha a ser instado a apresentar sua defesa, assim o fará, de forma embasada, clara e totalmente transparente.

Na realidade, a única preocupação que temos quanto a esta notícia é o fato de vermos a tentativa de se usar ações na Justiça para se sobrepor aos resultados esportivos conseguidos nos gramados.

O campeonato brasileiro de 2013 foi composto por 380 jogos. Cada time esteve em campo 38 vezes, disputando partidas de muita emoção. A classificação final de cada agremiação foi conseguida por seus méritos e problemas. Mudar esta realidade será um desserviço ao futebol e uma afronta ao torcedor brasileiro."