Tamanho do texto

Borussia Dortmund venceu por 2 a 1 e garantiu-se como o líder do Grupo F, assegurando classificação na Liga dos Campeões. Napoli levou o pior na critério de desempate

O Grupo F teve um desfecho emocionante. Borussia Dortmund, Napoli e Arsenal brigavam pelas vagas nas oitavas de final da Liga dos Campeões. O Borussia se garantiu como líder ao vencer o Olympique com um gol no fim por 2 a 1. O Napoli bateu o Arsenal por 2 a 0, resultado insuficiente para superar os ingleses no critério de desempate.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Veja imagens da sexta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões


Assim, os alemães terminaram na primeira colocação do grupo, seguidos do Napoli, que vai disputar a Liga Europa, todos com 12 pontos. Sem pontuar, o Olympique completa a classificação da chave.

Confira a tabela de classificação, artilharia e notícias da Liga dos Campeões

Os jogos

Precisando vencer para se classificar sem depender de outros resultados, o Borussia Dortmund foi para cima do lanterna do grupo, mesmo fora de casa, e abriu o placar logo aos 4 minutos de partida. Durm descolou um lindo passe por elevação para o artilheiro polonês Robert Lewandowski. O camisa 9 arrancou em direção a bola e tocou levemente por cima de Mandanda, colocando os alemães nas oitavas de final.

Enquanto isso, em Nápoles, os donos da casa precisavam de uma vitória combinada a um tropeço do Borussia para passarem de fase, enquanto os rivais se classificavam com um empate.

E mais: Dribles, assistência e gols: Neymar brilha e Barcelona goleia o Celtic

Na França, os donos da casa empataram aos 14 minutos. Payet cobrou falta na área e Khalifa subiu de cabeça acertando o travessão. Souleymane Diawara só teve o trabalho de empurrar para as redes no rebote.

Aos 34 minutos, o mesmo Payet que iniciou a jogada do gol recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando os anfitriões em desvantagem numérica.

Na Itália, os napolitanos pressionavam o Arsenal, que se defendiam como podiam e iam garantindo o primeiro lugar com o empate.

No Velódrome, os alemães partiram para o ataque, mas não conseguiam furar a retranca formada pelos donos da casa. Mandanda também cumpria com excelência seu trabalho, fechando a meta sempre que exigido.

Leia também: Atlético de Madri mantém invencibilidade e elimina o Porto na Liga dos Campeões

A melhor chance do Borussia veio aos 12 minutos da segunda etapa. Lewandowski cruzou na cabeça de Blaszczykowski, que acertou o canto de Mandanda, mas viu o francês operar um milagre.

No Estádio San Paolo, na Itália, eram jogados 28 minutos da segunda etapa quando a torcida foi ao delírio. Callejón achou uma brecha na defesa inglesa para deixar Higuain na cara do gol. 1 a 0.

O resultado na Itália eliminava os alemães, que continuaram em busca do tento classificatório e foram premiados pela sua insistência apenas aos 42 minutos da segunda etapa, quando Grosskreutz finalizou e contou com falha de Mandanda para pôr seu time nas oitavas, em primeiro lugar no grupo.

O gol na França praticamente tirava as chances do Napoli, que precisava agora de uma goleada para se classificar. Callejón até marcou, aos 48 minutos, mas o gol foi insuficiente para pôr o time entre os 16 melhores da Liga dos Campeões.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.