Tamanho do texto

Alexandre Faganello disse que o clube não foi avisado sobre punição ao meia Héverton na última sexta-feira e o relacionou para duelo com o Grêmio

Heverton em ação pela Portuguesa
Leandro Martins/Futura Press
Heverton em ação pela Portuguesa

Auxiliar técnico de Guto Ferreira na Portuguesa , Alexandre Faganello disse que o clube desconhece a punição de dois jogos que o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) impôs ao meia Héverton na última sexta-feira, nem sabe se recebeu qualquer tipo de notificação sobre o assunto. Por isso, o jogador foi relacionado na última rodada do Campeonato Brasileiro, e entrou em campo no segundo tempo do duelo com o Grêmio, no domingo. Ele admite que pode ter havido falha de comunicação.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Ocorreu algum erro. O clube tem departamentos que informam a comissão técnica que jogadores podemos usar. Não estou sabendo desse julgamento. Se ele ocorreu mesmo, erramos", disse Faganello ao iG Esporte na noite desta terça-feira, durante premiação concedida pelo programa "Mesa Redonda", da TV Gazeta, aos destaques do Brasileirão.

Caso seja comprovada a escalação irregular de Héverton, a Lusa corre o risco de perder quatro pontos no Brasileirão, o que decretaria seu rebaixamento à Série B em 2014 . A punição interessa ao Fluminense, que pode se salvar do descenso nesse caso.

O caso se enquadra no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) - "incluir na equipe, ou fazer constar na súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar da partida" -, que prevê perda do número de máximos de pontos de uma partida (três), além daquele conquistado no jogo (empate em 0 a 0 com o Grêmio). Ainda há risco de multa de R$ 100 a R$ 100 mil. O clube deve ser denunciado pelo STJD nesta quarta-feira.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.