Tamanho do texto

Time de Campinas encara o Lanús fora de casa na noite de quarta-feira e busca o primeiro título de expressão de 113 anos de história

Fellipe Bastos marcou gol para a Ponte no empate na primeira partida da decisão da Sul-Americana
Paulo Whitaker/Reuters
Fellipe Bastos marcou gol para a Ponte no empate na primeira partida da decisão da Sul-Americana

Restando menos de dois dias para o jogo mais importante da história da Ponte Preta , a torcida campineira se despediu dos jogadores nesta segunda-feira. No embarque para a Argentina, palco da decisão da Copa Sul-americana diante do Lanús, torcedores encontraram os jogadores no Aeroporto Internacional de Guarulhos e deixaram mensagens de carinho.

Ponte Preta vai faturar a Sul-Americana? Comente com outros leitores

Segundo informações da EPTV , cerca de 40 ponte-pretanos também viajaram para Buenos Aires e acompanharão a Macaca na quarta-feira em La Fortaleza. A partida está marcada para as 21h50 (de Brasília) e o time treinado por Jorginho precisa de uma vitória para faturar o primeiro troféu de expressão em 113 anos de história.

Leia também: Ponte Preta treina no Majestoso e viaja à Argentina nesta segunda-feira

Enquanto os jogadores aguardavam o horário do voo sentados em lanchonetes do aeroporto de Cumbica, a torcida aproveitou o momento para tirar fotos, pegar autógrafos e incentivar o elenco antes da finalíssima. O goleiro Roberto, um dos símbolos da campanha, foi o mais assediado pelos alvinegros antes da viagem.

"É muito legal isso, é a confirmação do que realmente importa. O sonho deles é o nosso sonho também", destacou o arqueiro ponte-pretano. Autor do único gol da Macaca no empate em 1 a 1 no Pacaembu, Fellipe Bastos também agradeceu o apoio: "Nós temos de dar atenção para eles, afinal, foi a torcida que carregou o time nas costas até aqui".