Tamanho do texto

A partida entre Atlético-PR e Vasco foi marcada por uma confusão generalizada nas arquibancadas. Três foram detidos e três torcedores seguem internados

Aldo Rebelo, ministro do Esporte, manifestou-se sobre a violência que marcou o jogo entre Atlético-PR e Vasco através de uma "nota de repúdio". No comunicado, ele cobra punição aos torcedores que brigaram durante a partida disputada neste domingo, na Arena Joinville, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro .

Leia mais: Jogo marcado por violência põe Atlético-PR na Libertadores e rebaixa o Vasco

Três pessoas já foram detidas por causa do confronto generalizado . Outras três seguem internadas, sendo uma delas em estado grave, porém sem correr risco de morte.

Confira o comunicado de Aldo Rebelo na íntegra:

"O Ministério do Esporte condena a violência que tomou conta das arquibancadas da Arena Joinville, em Santa Catarina, durante o primeiro tempo do jogo entre Atlético-PR e Vasco da Gama. Os responsáveis devem ser identificados e punidos, cumprindo-se o Estatuto do Torcedor, que prevê penas de reclusão e de banimento dos estádios aos torcedores que cometerem atos de violência.

O Ministério do Esporte também vai procurar o Conselho Nacional do Ministério Público para um entendimento comum sobre a presença da Polícia Militar no interior dos estádios de futebol" .