Tamanho do texto

Equipe paulista se salva de rebaixamento à Série B e gaúchos se garantem na fase de grupos da Copa Libertadores em 2014

Diogo encara a marcação de Zé Roberto no ataque da Portuguesa
Reginaldo Castro/Gazeta Press
Diogo encara a marcação de Zé Roberto no ataque da Portuguesa

Finalmente, Portuguesa e Grêmio conquistaram os seus objetivos neste Campeonato Brasileiro. Após um fraco empate sem gols na tarde deste domingo, no Canindé, o time paulista confirmou a permanência na Série A, enquanto o gaúcho garantiu classificação direta para a Libertadores.

Comente esta notícia com outros torcedores

A Lusa encerrou a sua participação na competição nacional com 48 pontos, mas ainda sem saber se participará da Copa Sul-Americana da próxima temporada. De positivo, a reação da equipe depois da chegada do técnico Guto Ferreira, chegando até mesmo em sonhar com Libertadores.

Do outro lado, o Grêmio termina na vice-liderança, com 65 pontos, mas ainda se frustra com o título do Cruzeiro e a queda para o Atlético-PR nas semifinais da Copa do Brasil. Agora, o mistério fica por conta da renovação contratual do treinador Renato Gaúcho.

O jogo

Satisfeitos com a igualdade, ambos começaram o jogo em São Paulo com muita cautela e errando muitos passes. Diogo era o mais acionado pelo lado da Lusa, assim como Wanderson, que chegava com certa qualidade como elemento surpresa de trás.

Veja fotos da última rodada do Campeonato Brasileiro:

Mas o 4-3-3 de Portaluppi também ameaçava, especialmente com as rápidas triangulações de Zé Roberto, Vargas, Kleber e Barcos. Tanto é que, no primeiro tempo, o goleiro Lauro teve que fazer pelo menos duas boas defesas para evitar que o placar do Canindé fosse aberto.

Já na etapa complementar, Guto Ferreira, pelo menos, resolveu apostar no resultado de momento, sacando Diogo para a entrada do volante William Arão. Renato Gaúcho foi um pouco mais ousado e lançou o amuleto Maxi Rodríguez no lugar de Vargas, que, novamente, foi muito irregular.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro de 2013

Em uma das primeiras vezes que tocou na bola, Maxi Rodríguez lançou Barcos na grande área e viu o companheiro cabecear mal, por cima do gol, perdendo grande chance. Na sequência, Héverton, que também havia acabado de entrar, também teve chance, mas foi impedido pela defesa gremista.

Nos minutos finais, paulistas e gaúchos se conformaram com o empate sem gols e continuaram deixando o marcador imaculado. Ambas as torcidas comemoraram, mesmo que de forma meio tímida, os simbólicos títulos e se despediram desta temporada.

FICHA TÉCNICA:
PORTUGUESA 0 X 0 GRÊMIO

Local: Canindé, em São Paulo
Data: 8 de dezembro de 2013, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio S. Santiago e Guilherme Dias Camilo (ambos de MG)

Cartões amarelos: Portuguesa: Diogo e Henrique. Grêmio: Vargas

PORTUGUESA: Lauro; Luis Ricardo (Carlos Alberto), Valdomiro, Lima e Rogério; Ferdinando, Correa, Moisés e Wanderson (Héverton); Diogo (Willian Arão) e Henrique
Técnico: Guto Ferreira

GRÊMIO: Dida; Pará, Rhodolfo, Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro e Zé Roberto; Kléber, Vargas (Maxi Rodríguez) e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.