Tamanho do texto

Técnico do Botafogo elegeu o holandês como peça fundamental na campanha no Campeonato Brasileiro

Após comandar o Botafogo na vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma, na tarde deste domingo, o técnico Oswaldo de Oliveira deu entrevista na saída do gramado e falou sobre o camisa 10, peça fundamental na campanha deste Campeonato Brasileiro.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Seedorf é um cara diferente. Tenho até que me conter nos elogios. É até chato. Ele merece, nos ajudou muito durante o ano. Por isso decidi tirar ele um pouco antes para que fosse homenageado", disse o treinador.

Veja fotos dos jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013:

O técnico ainda exaltou a presença da torcida botafoguense no Maracanã. "Me emocionei assim que entrei. Não tinha visto essa participação em dois anos. Foi extremamente agradável. Era o elo que faltava para o Botafogo deslanchar. Estou muito feliz", finalizou Oswaldo de Oliveira.

Excluindo os clássicos cariocas da conta, o público deste domingo foi o maior do Botafogo neste Campeonato Brasileiro. Foram 28.340 pagantes que bateram em quase 5 mil a melhor marca até então, conseguida no empate em 0 a 0 com o São Paulo, na 17ª rodada.

Oswaldo fecha o ano à frente do Botafogo com 37 vitórias, 17 empates e 13 derrotas, alcançando 63,6% de aproveitamento. No Campeonato Brasileiro, o técnico comandou o Glorioso na campanha que garantiu o clube na quarta colocação da elite do futebol nacional. A posição rende ao Botafogo uma vaga na Libertadores do ano que vem caso a Ponte Preta não seja campeã da Copa Sul-Americana. Se a Macaca bater o Lanús nesta quarta-feira e levar o título, fica também com a vaga na principal competição continental, frustrando os planos da equipe.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.