Tamanho do texto

"Mais do que uma seria demais, mas mais uma (temporada) para fechar com chave de ouro dá para ele aguentar bem e fazer um bom papel", analisou o ex-jogador

Rogério Ceni recebe carinhos dos companheiros em mais um jogo pelo São Paulo
Helio Suenaga/Gazeta Press
Rogério Ceni recebe carinhos dos companheiros em mais um jogo pelo São Paulo

Ainda em dúvida se continuará jogando profissionalmente em 2014, Rogério Ceni recebe o incentivo de outro grande ídolo do São Paulo para renovar o contrato que acaba em 31 de dezembro. Raí ficou animado com recentes atuações elogiadas do goleiro e lhe sugere que atue por mais uma temporada antes da aposentadoria.

Qual deve ser o futuro de Ceni? Seguir jogando ou se aposentar? Comente com outros leitores

"Como ele ainda está jogando em alto nível, dá para jogar mais uma temporada. Mais do que uma seria demais, mas mais uma para fechar com chave de ouro dá para ele aguentar bem e fazer um bom papel", indicou o ex-jogador, sorrindo pela boa condição do amigo, que ouve apelos para alongar sua carreira.

Leia também: Ganso não liga para comentário de Seedorf e ainda sonha com a Europa

"O Rogério está ainda em um momento confortável. Mostrou que está em boa fase técnica e física, então, se quiser, dá para jogar em alto nível ainda. Se começassem a colocar em questão a qualidade de jogo, eu falaria para ele parar", prosseguiu o ex-meia, ansioso pela decisão que Ceni prometeu divulgar até este sábado.Raí fala na condição de quem não esperou grandes críticas para se aposentar. A última partida do ex-camisa 10, tido como maior ídolo da história do clube por muitos torcedores, foi em 22 de julho de 2000, na derrota para o Sport, em João Pessoa (PB), que eliminou o São Paulo nas semifinais da Copa dos Campeões, torneio que valia vaga na Libertadores do ano seguinte.

E ainda: Toloi se choca com Douglas e sai com supercílio cortado de treino do São Paulo

Naquele momento, o meio-campista tinha 35 anos, bem menos do que o goleiro que fará 41 em janeiro, e sentiu que já lhe faltavam condições físicas para fazer diferença. Desde então, virou garoto-propaganda, caminho que Rogério Ceni também pode adotar caso siga seus conselhos e se aposente daqui um ano.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Desde que parei de jogar, há 13 anos e meio, abri meu projeto social (a Fundação Gol de Letra), abri uma empresa com outros projetos e sempre tive procura pela questão dos valores que a minha imagem e o meu nome representam", disse Raí durante participação em evento de um dos patrocinadores da Fifa antes do sorteio de grupos da Copa do Mundo, na Costa do Sauípe (BA).