Tamanho do texto

Confronto diante do Náutico na última rodada do Brasileirão marcará o fim da trajetória do treinador no clube, que será dirigido por Mano Menezes em 2014

Tite, técnico do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Tite, técnico do Corinthians

Ainda que não fale abertamente sobre isso, Tite ficou frustrado com sua saída do Corinthians e chateado pelo acerto prévio da diretoria com Mano Menezes. Mesmo assim, em sua última entrevista no CT do Parque Ecológico, o treinador procurou se mostrar superior e pediu à Fiel e aos funcionários do clube ajuda ao seu sucessor.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Que o torcedor e o Corinthians, em seu grupo de funcionários e sua comissão técnica, façam exatamente igual. Que tenham o apoio, o carinho, a consideração e a competência com os quais pude contar. Não preciso nem dizer isso porque é o normal neste clube", afirmou o gaúcho de Caxias do Sul.

"Nos momentos difíceis, estão do lado. Que o próximo técnico tenha o que teve comigo o Andrés (Sanchez, ex-presidente, que manteve Tite apesar da derrota para o Tolima em 2011). Que façam o novo técnico se sentir da forma que me senti. Com um bom ambiente, o profissional vai desenvolver seu potencial", acrescentou.

Facilita o fato de Mano já ter passado pelo Corinthians conquistando títulos, mas é possível que seu trabalho seja dificultado pelo desempenho do antecessor. O ainda técnico vem tendo o nome gritado em seus jogos de despedida, e a prática poderá ser repetida se as coisas não andarem bem na próxima temporada.

Se está terminando a segunda passagem de Tite pelo clube, sua relação com ele e com sua apaixonada torcida não acabou. O sentimento é grande. "É do tamanho exato do reconhecimento, da lealdade que tive, da sinceridade, das brigas, da capacidade de superar essas brigas, das vitórias, das derrotas... E, principalmente, do jeito de ser, o não passar ninguém para trás. Essa marca do grupo ficou muito evidente: ganhar com autoestima, amor-próprio. Conquistou e mereceu. Não fui só eu."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas