Tamanho do texto

Presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, admitiu o atraso dos pagamentos, mas Gilberto Silva e Josué preferiram não polemizar

Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG

O presidente do Atlético-MG , Alexandre Kalil, admitiu que os salários dos jogadores do Galo estão atrasados, mas os atletas têm lidado bem com a situação até o momento. O zagueiro Gilberto Silva garante que ninguém no elenco do Galo tem comentado sobre os atrasos, e o defensor deixa claro que o foco e apenas no Mundial de Clubes.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"O presidente reconheceu toda esta situação, mas, até agora, não ouvi nada dos atletas falando sobre esta questão. Esta é uma responsabilidade do clube, eles sabem que têm essa responsabilidade conosco, e nós, eu falo por mim, desde que cheguei, tenho procurado cumprir com tudo da melhor maneira possível, com profissionalismo e dedicação para que o Atlético-MG esteja na condição que está hoje", declarou.

Leia mais: Fifa divulga lista de inscritos e confirma Fernandinho para o Mundial de Clubes

Opinião parecida tem o volante Josué, que prefere deixar o assunto para a diretoria do clube resolver. Segundo ele, o momento não de pensar em fatores extracampo, mas sim de pensar no objetivo maior que é chegar ao Marrocos e buscar o título do Mundial para o Galo.

"Temos de colocar isso de lado e focar no Mundial. Problemas extracampo têm de ficar de lado, porque é um momento importante para todo o jogador. Não será isso que vai tirar nosso foco. Temos jogadores experientes, com vivência no futebol. Internamente, a gente não toca nesse assunto. É dar o melhor dentro de campo e ir buscar o titulo para a nação atleticana", disse.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.