Tamanho do texto

"Só dependíamos de nós, agora é questão de honra. Ficamos a maioria das rodadas no G4, com possibilidade de classificação. E eu creio nela", disse o goleiro

O Botafogo não depende de suas forças para conquistar uma vaga na Copa Libertadores. Para conseguir diretamente pelo Campeonato Brasileiro, precisa vencer o Criciúma e torcer para Goiás tropeçar e Atlético-PR ser derrotado. Caso fique em quarto, o Botafogo fica na expectativa da final da Sul-Americana e torce contra a Ponte Preta. O goleiro Jefferson admitiu que acompanhou uma parte do jogo de ida da Ponte, mas agora quer esquecer tudo que não seja seu próprio time.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Só dependíamos de nós, agora é questão de honra buscar os três pontos diante do Criciúma. Para nós, foi um grande ano. Conquistamos o Carioca sobrando, fizemos uma Copa do Brasil em que saímos na reta final e no Brasileiro ficamos a maioria das rodadas no G4, com possibilidade de classificação. E eu creio nela. Temos que pensar que fizemos um grande 2013 e fechar, se Deus quiser, com Libertadores", disse ao site do clube.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Jefferson rechaçou que tenha se abatido com a falha na derrota para o Coritiba na rodada passada. O goleiro lembrou que o elenco conta com muitos jogadores experientes e afirmou que foi apoiado por todos.

"Aqui há jogadores experientes. Não é o que programamos, queríamos chegar já na Libertadores, pelo que estamos fazendo no campeonato. Mas temos uma chance muito viva. O mais frustrante vai ser se os resultados acontecerem e tropeçarmos. Vamos fazer nossa parte e torcer contra os adversários", finalizou.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.