Tamanho do texto

Regulamento Geral de Competições de 2014 confirma que os clubes poderão relacionar até cinco jogadores nascidos fora do país

Barcos é um dos estrangeiros do Grêmio
Futura Press
Barcos é um dos estrangeiros do Grêmio

Após formalizar pedido para que o limite do número de jogadores estrangeiros fosse aumentado, o Grêmio teve sua solicitação atendida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade divulgou o Regulamento Geral das Competições de 2014 nesta sexta-feira e o documento confirma que os clubes poderão relacionar até cinco estrangeiros por jogo na próxima temporada.

No 45º artigo do regulamento das competições nacionais, referente às condições de jogo dos atletas, a CBF institui que "os clubes poderão incluir até cinco atletas estrangeiros nas suas partidas, dentre os relacionados na súmula".

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A mudança atende ao pedido feito pelo Grêmio no final do mês de novembro, quando o Tricolor solicitou o aumento, de três para cinco, do número de estrangeiros aptos a disputarem partidas de competições nacionais. O diretor executivo de futebol, Rui Costa, comemora a alteração adotada pela CBF.

"O Grêmio recebe com muita satisfação essa notícia porque abre uma possibilidade muito interessante em um mercado no qual nós atuamos há algum tempo. É importante pela abertura de mercado, pelo fato de o presidente Fábio Koff ser um dirigente de muita influência, pela mobilização do nosso jurídico acerca do tema e para o Departamento de Futebol que, desde o início, levantou essa bandeira", declara o dirigente.

Atualmente, o Grêmio conta com quatro estrangeiros no elenco. Como Riveros, Barcos e Vargas estão frequentemente entre os relacionados para os jogos do Tricolor, o uruguaio Maxi Rodríguez teve poucas oportunidades nesta temporada, ganhando espaço quando um dos outros estrangeiros não esteve apto para jogar.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.