Tamanho do texto

Clube já acertou com Conca, mas queda nos rendimentos pode mudar os planos. Fred e Diego Cavalieri também estão na berlinda

Conca: retorno foi acertado, mas rebaixamento pode reduzir a receita e mudar os planos do Flu
Photocamera
Conca: retorno foi acertado, mas rebaixamento pode reduzir a receita e mudar os planos do Flu

O futuro do Fluminense é incerto. Não apenas quanto à divisão do futebol brasileiro em que estará em 2014, mas também quanto à formação do elenco. Caso seja rebaixado para a Série B, o time carioca pode sofrer mudanças drásticas, efeito da redução de receita. E os principais afetados podem ser os maiores ídolos do torcedor tricolor.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

No mês passado, o Flu acertou a volta do meia Darío Conca, que estava no futebol chinês. Contratação que mostra certo otimismo dos cartolas, aparentemente seguros que o rebaixamento seria evitado. Como o cenário otimista não se confirmou, o negócio está em xeque. Isso porque a patrocinadora em nenhum momento se envolveu na campanha, e o presidente Peter Siemsen trabalhou sozinho. Ele conta com receitas futuras do próprio Fluminense para pagar o atleta, mas esse dinheiro pode diminuir consideravelmente.

Leia mais:  Magno Alves revela querer voltar ao Fluminense e brinca com Celso Barros

A situação de alguns profissionais que estão no clube também será definida após o desfecho do Brasileirão. O atacante Fred, há mais de um mês no departamento médico, teria dito que pretende permanecer, mesmo com o rebaixamento. Porém, o jogador vem sendo aconselhado por amigos a deixar o clube em caso de queda, já que deve integrar a lista de convocados de Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo de 2014.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Jefferson, Diego Cavalieri e Julio Cesar: seleção pode levar goleiro do Flu a sair em caso de queda
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Jefferson, Diego Cavalieri e Julio Cesar: seleção pode levar goleiro do Flu a sair em caso de queda

Outro jogador com planos de disputar o Mundial, o goleiro Diego Cavalieri também pode sair. O jogador recebeu sondagens do São Paulo, que deseja um nome de peso para substituir Rogério Ceni em caso de aposentadoria do ídolo. Já o volante Jean descartou a possibilidade de sair.

"Já conversei com a diretoria e estão todos cientes do meu pensamento. Estou muito bem no Fluminense e não penso em sair no ano que vem, independentemente do que acontecer neste domingo. Mas acho também que não é o momento de pensarmos no futuro e sim focarmos apenas na nossa partida. Temos que tirar o time desta situação", afirmou.

Outra incógnita envolve o futuro do técnico Dorival Júnior, com contrato somente até o fim do ano. O treinador não conta com unanimidade na equipe e deverá ser dispensado em caso de rebaixamento. Porém, existe uma corrente no Fluminense que defende a sua permanência, já que ele chegou na reta final e tem experiência em Série B, título que conquistou pelo Vasco em 2009.

Dentro de campo, o Fluminense precisa superar o Bahia neste domingo, às 17h (de Brasília), na Fonte Nova. Além disso, necessita de dois resultados: tropeços de Coritiba, diante do São Paulo e do Vasco contra o Atlético-PR na Arena Joinville. O elenco vai treinar nesta sexta-feira já na capital baiana, pois a diretoria decidiu antecipar a viagem para evitar desgastes maiores na véspera do jogo decisivo.

*com Gazeta