Tamanho do texto

Técnico realizará um procedimento médico nesta quarta-feira para fazer a oclusão de um pequeno buraco no coração

Enderson Moreira, técnico do Goiás
Heuler Andrey/Agif/Gazeta Press
Enderson Moreira, técnico do Goiás

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Goiás recebe o Santos no domingo com grandes chances de terminar entre os quatro primeiros e um problema. O técnico Enderson Moreira realizará um procedimento médico nesta quarta-feira para fazer a oclusão de um pequeno buraco no coração. O auxiliar técnico Luís Fernando Flores estará no seu lugar.

"Em 2011 eu tive um mal súbito e, a partir daí, os médicos começaram a investigar e nos últimos exames descobriam o problema. Dr. Sérgio achou melhor fazer esse procedimento no fim da temporada. O presidente já estava sabendo", afirmou o comandante.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Enderson transmitiu toda a confiança para o auxiliar, Luís, que já esteve a frente da equipe em um jogo do Goianão contra o Grêmio Anápolis, quando o treinador se recuperava de dengue.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Sobre as críticas que recebeu por "abandonar" a equipe no último jogo da temporada, Enderson respondeu tranquilamente durante os mais de 40 minutos de entrevista coletiva. "Eu estou convivendo com esse risco faz muito tempo em virtude do Goiás. Eu me doei muito durante este ano todo, abri mão de muita coisa, mas chega um ponto que também preciso pensar em mim", declarou.

Sem ter a vaga na Libertadores de 2014 garantida, Moreira espera o fim do campeonato para decidir o seu futuro e não garantiu a permanência a frente do Goiás. "Não posso garantir isso. O acerto ainda não aconteceu. Uma coisa é disputar Estadual, Brasileiro, outra é Libertadores, que pode ser um foco do projeto, então a gente tem que pensar bem e tratar isso com tranquilidade", finalizou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.