Tamanho do texto

Recuperados, jogadores participaram de atividades na manhã desta quarta-feira. Ele devem ser opções para Dorival Júnior para a para decisiva contra o Bahia, em Salvador

Diego Cavalieri, com corte na mão, treinou nesta quarta-feira
Fernando Cazaes/Photocamera
Diego Cavalieri, com corte na mão, treinou nesta quarta-feira

O torcedor do Fluminense finalmente tem um motivo para comemorar. Com enormes chances de ser rebaixada à Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe tricolor contou com dois importantes retornos no treinamento desta quarta-feira. Titulares absolutos, o goleiro Diego Cavalieri e o zagueiro Leandro Euzébio participaram das atividades comandadas pelo técnico D orival Júnior na Escola de Educação Física do Exército, na Urca.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Os dois haviam se ausentado dos trabalhos da última terça-feira, já que permaneceram realizando tratamento nas Laranjeiras. Cavalieri sofreu um acidente doméstico no início da última semana que lhe rendeu sete pontos na mão esquerda, e Euzébio lutava contras as dores de uma torção no tornozelo esquerdo.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

Ambos, no entanto, foram a campo nesta quarta-feira. O goleiro, porém, fez apenas o aquecimento ao lado dos demais arqueiros, sem luvas, conversou com o médico do Fluminense, Ricardo Olivero, e depois só correu ao redor do gramado. Apesar disto, ele não deverá ser desfalque na decisiva partida diante do Bahia, no próximo domingo, uma vez que, no último final semana, já entrou em campo sem 100% de suas condições físicas para pegar o Atlético-MG.

O zagueiro Leandro Euzébio, por sua vez, participou de todas as atividades normalmente e já está garantido para o duelo na Arena Fonte Nova. No treinamento desta quarta-feira, Dorival Júnior dividiu o elenco em quatro times e comandou um trabalho técnico em campo reduzido. Novamente, o forte calor foi fundamental para definir o ritmo das atividades.

O meia Wagner, assim como Cavalieri, apenas correu em torno do gramado, mas não preocupa para o jogo deste domingo. Quem ficou nas Laranjeiras foi o volante Rafinha, que recebeu uma pancada na perna esquerda contra o Galo e é dúvida para pegar o Bahia. Valencia, com lesão muscular, também esteve em tratamento na sede do clube e dificilmente terá condições de atuar. Fred, Carlinhos, Bruno e Marcos Junior são ausências certas.

Fluminense e Bahia se enfrentam neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador. O jogo será válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, e, se não vale nada para o Tricolor de Aço, já livre do rebaixamento, terá importância fundamental para o time carioca, que necessita de uma vitória e tropeços de Vasco e Coritiba, que enfrentam Atlético-PR e São Paulo, respectivamente, para se salvar do descenso à Série B. Segundo os cálculos do matemático Oswald de Souza, o Tricolor tem 80% de chances de voltar à segunda divisão nacional.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.