Tamanho do texto

Bahia venceu o campeão Cruzeiro no Mineirão e afastou qualquer possibilidade de cair

Ameaçado de rebaixamento, o Bahia tinha uma missão muito complicada na tarde deste domingo. O Tricolor de Aço visitaria o Cruzeiro, no Mineirão, jogo da entrega da teça de campeão brasileiro em 2013. Os visitantes, no entanto, contrariam as expectativas, foram valentes e garantiram a vitória por 2 a 1, resultado que garantiu a permanência dos baianos na primeira divisão em 2014.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e artilharia do Campeonato Brasileiro

Depois de sair na frente aos 14 minutos do primeiro tempo, o Bahia não suportou a pressão celeste e sofreu o gol de empate aos 39 da segunda etapa. A partida se encaminhava para o empate, mas o improvável voltou a acontecer no Mineirão. Já nos acréscimos, Talisca recebeu um bom passe de Souza dentro da área e tocou na saída de Fábio para marcar o segundo do Tricolor de Aço.

"É um alivio. Fizemos uma campanha muito boa, brigamos pelo G-4 e, depois, infelizmente, deixamos a desejar. Esse gol foi um alívio muito grande para mim. No primeiro ano de Brasileirão, fui vaiado, foi difícil, mas consegui dar a volta por cima", disse o meia do Bahia, que precisou mostrar seu valor ao longo da Série A, afastando a desconfiança do torcedor tricolor.

Sem a mesma emoção de Anderson Talisca, o defensor Rafael Miranda fez uma avaliação mais fria sobre o jogo. O atleta reconheceu que a necessidade do resultado por parte do Bahia fez com que sua equipe demonstrasse uma vontade muito maior dentro de campo, mas não deixou de ressaltar a qualidade do Cruzeiro, campeão brasileiro em 2013.

"Nosso objetivo era bem diferente do Cruzeiro, mas sabíamos que seria um jogo difícil, pois é um time que tem uma qualidade incrível, mas, com o decorrer o jogo, vimos a possibilidade de vencer. Seguramos o resultado e definimos nossa situação na Série A", explicou Rafael Miranda, agora mais aliviado com a permanência do Bahia na primeira divisão.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.