Tamanho do texto

Meia teve boa adaptação após dois meses da lesão e tem boas chances de jogar no sábado

Ronaldinho Gaúcho voltou a treinar com bola nesta quarta e deixou a torcida do Atlético-MG aliviada
Flickr/Atlético-MG
Ronaldinho Gaúcho voltou a treinar com bola nesta quarta e deixou a torcida do Atlético-MG aliviada

Ronaldinho Gaúcho está totalmente recuperado da grave lesão na coxa que sofreu há dois meses. Nesta quarta-feira o meia do Atlético-MG participou do primeiro coletivo com todos os jogadores do elenco desde que se lesionou. Sua expectativa é que esteja em campo em pelo menos uma das partidas do time no restante do Brasileirão. A meta é chegar da melhor forma possível no Mundial de Clubes do Marrocos em dezembro.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e artilharia do Campeonato Brasileiro

"Se eu não voltar nesse fim de semana (contra o Fluminense, sábado, no Maracanã), acredito que na última rodada dê para jogar", disse o meia após o treino. O Atlético encerra sua participação no Brasileirão no dia 8, contra o Vitória, em Belo Horizonte.

Leia mais sobre o Mundial de Clubes da Fifa, que terá o Atlético-MG

No início do treino o jogador não acompanhou os companheiros e fez trabalho à parte, mas no decorrer da atividade, o técnico Cuca resolver acionar o jogador, que treinou na equipe reserva e apresentou boa movimentação, o que é um sinal que o armador não sente mais dores na coxa. A lesão, inicialmente, tiraria o jogador do restante da temporada.

"A minha recuperação não me espanta, porque eu nunca tive lesão dessa forma. Não estou sentindo nenhum incômodo, sem dor nem nada, graças a Deus venho me sentindo a cada dia melhor. Agora é a parte boa, voltar a jogar, voltar a treinar com o grupo", disse Ronaldinho.

A expectativa era que Ronaldinho ficasse cerca de três meses em tratamento, perdendo o Mundial de Clubes, mas o jogador surpreendeu e voltou aos gramados em tempo recorde. O Galo ainda tem mais duas partidas no Brasileiro e Cuca deverá usar o jogador para ganhar ritmo de jogo para a disputa no Marrocos.

"Até o Mundial não me preocupa muito, porque tem bastante tempo. Preciso ganhar ritmo com os treinamentos. EuÉ melhor ir passo a passo para não dar expectativa à torcida e a mim", afirmou o astro atleticano. "Graças a Deus venho me sentindo muito bem, a cada dia melhor. Não tive incômodo ou dor e astou muito feliz com isso. Tem três semanas ainda de preparação", disse.

Além do retorno de Ronaldinho Gaúcho, a torcida do Atlético-MG recebeu mais uma boa notícia. O volante Leandro Donizete também está curado de lesão e participou do coletivo formando dupla com Pierre. Com isso, o departamento médico do Galo trabalha agora ara liberar o zagueiro Réver e o meia-atacante Guilherme, peças que também são importantes no esquema do técnico alvinegro.

O time titular do coletivo desta quarta-feira foi formador por: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gilberto Silva e Lucas Cândido; Pierre, Leandro Donizete, Diego Tardelli e Luan; Fernandinho e Jô. No decorrer da atividade, Cuca sacou Luan, dando oportunidade para Alecsandro. O volante Josué foi poupado do treino.

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.