Tamanho do texto

Zagueiro do Flamengo teve lesão muscular diagnosticada nesta sexta-feira e passará por tratamento

Chicão em treino do Flamengo
Alexandre Vidal/Fla Imagem
Chicão em treino do Flamengo

Chicão viverá cinco dias de tensão até a final da Copa do Brasil. O zagueiro do Flamengo , que deixou a partida de ida contra o Atlético Paranaense ainda no primeiro tempo, teve lesão muscular diagnosticada nesta sexta-feira e passará por tratamento intensivo. A escalação do jogador será definida no máximo até terça-feira.

Comente esta notícia com outros torcedores

Os médicos rubro-negros comemoraram a possibilidade de recuperação do defensor, já que havia expectativa de que Chicão fosse vetado pela lesão no músculo posterior da coxa direita assim que os resultados dos exames saíssem. O ex-corintiano já iniciou tratamento em sua própria casa e dará sequência ao processo de recuperação nos próximos dias no CT Ninho do Urubu em período integral.

Para deixar a defesa mais entrosada em caso de veto a Chicão, o técnico Jayme de Almeida já projeta sequência à nova dupla titular. Wallace será mantido na equipe e deve ter a companhia de Samir. O jovem já entrou na vaga de Chicão no primeiro confronto com o Atlético-PR e enfrentará o Corinthians neste domingo, às 17 horas (de Brasília) no Maracanã.

Com Flamengo ameaçado, Jayme ignora final e escala titulares contra Corinthians

A única baixa confirmada no time da Gávea é o volante Luiz Antônio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Já André Santos, que também deixou o gramado da Vila Capanema mais cedo na decisão, não deve ser problema para Jayme. O lateral esquerdo torceu o tornozelo ao pisar em um buraco e deu vaga a João Paulo, mas apresentou boa recuperação e tem grandes chances de atuar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.