Tamanho do texto

Técnico considera que conseguiu atingir uma das metas estabelecidas pela diretoria quando assumiu o comando do time profissional: promover jogadores revelados na base santista

Inquieto por uma definição sobre o seu futuro no Santos, o técnico Claudinei Oliveira pode finalmente começar a pensar nos novos rumos da sua carreira. Nesta quarta-feira, o treinador concedeu entrevista coletiva ao lado do presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues, e, diante da decisão do clube de não renovar seu contrato para 2014 , declarou que agora começará a analisar, junto com seu empresário, Wagner Ribeiro, as propostas que surgirem.

Santos anuncia saída de Claudinei Oliveira e inicia busca por novo técnico

“A minha prioridade sempre foi o Santos, então não estávamos preocupados com propostas de outros clubes. A gente vai aguardar meu empresário receber alguma sondagem”, declarou Claudinei.

Claudinei Oliveira não ficar ficar no Santos em 2014
Ricardo Saibun/Divulgação Santos
Claudinei Oliveira não ficar ficar no Santos em 2014

O treinador avaliou de forma positiva o trabalho realizado até aqui no comando do Santos. Claudinei comandará a equipe alvinegra por mais três partidas – contra Fluminense, Atlético-PR e Goiás. “Acho que consegui, como o Odílio disse, conquistar a confiança dos jogadores mais rodados. Não tivemos uma sequência tão positiva, mas também não ficamos muito tempo sem vencer”, afirmou o treinador.

O técnico considera que conseguiu atingir uma das metas estabelecidas pela diretoria santista quando assumiu o comando do time profissional, em junho, após a demissão de Muricy Ramalho: promover jogadores revelados na base santista

Hoje a gente tem o Alison e o Gustavo (Henrique). Em seis meses, colocar dois jogadores como titulares não é pouca coisa. E outros tiveram a oportunidade. Hoje, diversos estão ajudando o sub-20, mas subimos os campeões da Copa São Paulo”, declarou o treinador, que era o técnico dos juniores na conquista da Copinha deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.