Tamanho do texto

Equipe paulista perdeu por 2 a 0 para o Goiás e está cada vez mais perto do rebaixamento à Série B do Brasileirão em 2014

A derrota por 2 a 0 para o Goiás, no Serra Dourada, complicou ainda mais a Ponte Preta no Campeonato Brasileiro. A quatro jogos do final da competição, a equipe é a vice-lanterna com 34 pontos, e pode terminar a rodada cinco pontos abaixo do primeiro time fora da zona da degola.

LEIA:   Goiás vence, afunda Ponte Preta e segue vivo na luta por vaga na Libertadores

Para piorar, o time de Campinas tem dura missão no próximo domingo, quando vai ao Mineirão enfrentar o Cruzeiro, que deve festejar o título nacional diante de sua torcida. Ciente das dificuldades, o técnico Jorginho segue acreditando na reabilitação da Macaca, mas já fala em tom de lamentação.

"Não é a hora de jogar a toalha. Temos que estar ligados porque vai ser um jogo importante. O Cruzeiro pode ser campeão hoje (quarta) e a euforia vai diminuir, o que nos dá a possibilidade de conquistar pontos. Temos que ter a cabeça no lugar para não perder o foco", pede o treinador.

Apesar do discurso esperançoso, Jorginho aproveitou a entrevista coletiva desta quarta-feira para se desculpar com a torcida pontepretana, já temendo pelo pior. Além do Cruzeiro, a Macaca enfrenta Grêmio (casa), Portuguesa (casa) e Internacional (fora).

"Temos que pedir desculpas porque a torcida tem feito de tudo, comparecido aos jogos e incentivando os jogadores. Lamento muito por esses últimos dois jogos. Agora é trabalhar para tentar surpreender nesses quatro últimos jogos. A coisa apertou e se tornou quase impossível, mas vamos dar nosso melhor, nosso coração, para tentar sair dessa situação", conclui.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.