Tamanho do texto

Mesmo na final da Copa do Brasil, técnico do Flamengo deve escalar força máxima para a partida diante do São Paulo, em Itu, nesta quarta

Jayme de Almeida, técnico do Flamengo
Buda Mendes/Getty Images
Jayme de Almeida, técnico do Flamengo

O Flamengo não deve poupar seus titulares para o confronto diante do São Paulo nesta quarta-feira, em Itu, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta terça, em treinamento realizado no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, o treinador Jayme de Almeida comandou uma atividade tática, com ênfase na bola parada, e colocou em campo os principais jogadores da equipe, finalista da Copa do Brasil.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O treino desta terça foi dividido em duas partes. Na primeira, o técnico separou o elenco em dois times e comandou um trabalho de ataque contra defesa. Ele armou a equipe titular com Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane. O time reserva não tinha goleiro e jogou com Digão, Samir, Frauches e João Paulo; Diego Silva, Val, Bruninho e Rafinha; Moreno e Gabriel.

Confira a classificação, notícias, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

Na segunda, trabalhou exaustivamente as bolas paradas. Principalmente as defensivas. Isto porque, nos últimos dois jogos, ambos diante do Goiás - um pela Copa do Brasil e outro pelo Campeonato Brasileiro -, a equipe rubro-negra sofreu gols neste tipo de jogada. Jayme colocou os atletas para trabalharem cobranças de faltas pelas laterais e corrigiu os erros a todo momento.

"A bola está passando muito fácil, vai tomar o gol de novo. Vamos acordar, gente! Moreno apareceu aí sozinho, caramba! Tem que acompanhar! Marca, não deixa o cara sozinho. Sem fazer falta, marca!", orientou, em uma das oportunidades, criticando o espaço dado pela defesa ao atacante Marcelo Moreno, que integrou o time reserva.

Por causa do forte calor no Rio de Janeiro, o treinador preferiu não alongar o trabalho, que durou cerca de 20 minutos. Depois, liberou os atletas para o tradicional rachão, que foi marcado pela descontração e brincadeiras direcionadas, principalmente, ao atacante Hernane. "Você não sabe jogar nem de frente, vai querer jogar de costas para o gol? Assim não dá", sorriu um dos atletas, após tentativa sem sucesso do Brocador .

O Flamengo deixa o Ninho do Urubu às 12h30 (de Brasília) desta terça-feira em direção ao aeroporto Santos Dumont. A equipe embarca às 14h30 para Itu, onde encara o São Paulo, na quarta, às 21h50 (de Brasília), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Neste momento, a equipe rubro-negra ocupa a 11ª posição da competição nacional com 45 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.