Tamanho do texto

A seis rodadas do fim, Náutico já sacramentou ida à Série B. Cruzeiro tem de vencer o Grêmio e secar o Atlético-PR para levar a taça no próximo domingo

O triunfo do Atlético-PR sobre o Internacional impediu que o Cruzeiro dependesse apenas de uma vitória diante do Grêmio , no próximo domingo, no Mineirão, para conquistar por antecipação o título do Campeonato Brasileiro. Mas a taça ainda pode vir na 33ª rodada. Para isso, os mineiros precisam torcer por um tropeço do vice-líder.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Se perder ou empatar diante do São Paulo , domingo, na Arena Joinville, o Atlético-PR não terá mais como alcançar o Cruzeiro, caso bata o Grêmio, na classificação. Com isso, o time comandado por Marcelo Oliveira poderá festejar a conquista a cinco rodadas do fim.

Veja galeria de fotos dos jogos pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Com a briga pelo título quase definida, esquenta cada vez mais a luta pela sobrevivência na elite do futebol nacional. De acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, nove equipes ainda correm risco de preencher as três vagas restantes para a degola - o Náutico , goleado por 5 a 0 pelo Atlético-MG no último sábado, já está rebaixado.

Mesmo com pequenas probabilidades, Internacional e Corinthians , 11º e 12º colocados no Brasileirão, respectivamente, tem 2% de chances de cair.

Superado pelo rival Flamengo na rodada passada, o Fluminense viu crescer suas chances de ser rebaixado, com 47%. Uma derrota para o Corinthians , domingo, no Pacaembu, deixa a equipe treinada por Vanderlei Luxemburgo com risco de despencar para a vice-lanterna. Isso ocorre se o Vasco empatar e Criciúma e Ponte Preta vencerem seus compromissos.

Veja abaixo as chances de rebaixamento, segundo o site Infobola:

Criciúma: 80%
Ponte Preta: 72%
Vasco: 54%
Fluminense: 47%
Bahia: 24%
Portuguesa: 11%
Coritiba: 8%
Corinthians: 2%
Internacional: 2%

Libertadores

Segundo o Infobola, nove equipes ainda têm chances de ir à Copa Libertadores de 2014. Atualmente, os quatro primeiros colocados se garantem no torneio continental, mas a zona de classificação pode sofrer alterações, para mais ou menos vagas, dependendo do vencedor da Copa do Brasil ou do rendimento do São Paulo na Copa Sul-Americana.

Além do Cruzeiro (99%), Atlético-PR (88%), Grêmio (72%), Botafogo (69%), Goiás (53%), Vitória (10%), São Paulo (7%), Santos (1%) e Flamengo (1%) brigam por vagas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.