Tamanho do texto

Treinador do Flamengo manteve a filosofia de seus discursos após vitória fora de casa diante do Goiás

Desde que assumiu o comando do Flamengo, Jayme de Almeida sempre adotou o mesmo discurso, no qual humildade e determinação se tornaram ingredientes fundamentais dentro do grupo. Desta forma, a vitória nesta quarta-feira, por 2 a 1, sobre o Goiás , no Serra Dourada, agradou o treinador. Mais perto da final da Copa do Brasil, o comandante evitou cravar a classificação, mas ressaltou a importância do confronto.

Confira a tabela completa e a artilharia da Copa do Brasil

"Era um jogo-chave para gente. Eu acho que a equipe encontrou uma forma legal de jogar e é muito legal ver um grupo interessado em trabalhar. Esses garotos entenderam que a fórmula para conseguir alguma coisa é trabalhando, produzindo, lutando, mantendo sempre um espírito de humildade para dar o melhor para a equipe. Hoje, é muito bonito de ver o Flamengo jogar nesse aspecto", destacou Jayme de Almeida.

Veja fotos das semifinais da Copa do Brasil


O treinador também elogiou o lado esquerdo do time flamenguista. A parceria entre André Santos e Paulinho, fundamental na classificação diante do Botafogo na fase anterior, voltou a funcionar, afinal foi por este setor do campo que nasceu o primeiro gol do jogo. Após a tabela entre os dois jogadores, o meia-atacante que driblou o zagueiro Rodrigo e inaugurou o marcador.

"Naquele jogo contra o Botafogo, a ideia era colocar o Paulinho para ajudar o André (Santos) na marcação, e a coisa foi muito melhor do que eu esperava. Hoje (quarta-feira), isso se confirmou. O gol do Flamengo foi uma jogada muito bonita, o caminho é esse", analisou o comandante rubro-negro, ciente da importância do veloz Paulinho entre os titulares da equipe carioca.

Com relação ao jogo da volta, Jayme de Almeida seguiu o discurso dos jogadores na saída de campo e afirmou que ainda não tem nada decidido. O treinador aproveitou para elogiar, mais uma vez, a postura do Flamengo dentro de campo, mas alertou para a partida da volta no Maracanã. Precisando apenas de um empate para chegar à final da Copa do Brasil, o comandante pede atenção de seus jogadores.

"Acredito que não está decidido ainda. Fizemos uma partida muito boa taticamente, marcamos bem e contra-atacamos muito bem. Fizemos dois gols fora, um resultado fantástico, mas temos que chegar no Maracanã e confirmar a nossa vaga. Eu sei que a torcida do Flamengo vai lotar o estádio, mas não podemos achar que, só porque a torcida vai estar lá, vamos ganhar o jogo", concluiu Jayme de Almeida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.