Tamanho do texto

Após sair atrás, time de Luxemburgo busca igualdade no fim, mas não consegue a virada, chega ao sexto jogo sem vitória e se vê perto da zona de rebaixamento

Leandro Euzébio arrisca cabeceio ao gol da Ponte Preta
Nelson Perez/FluminenseF.C.
Leandro Euzébio arrisca cabeceio ao gol da Ponte Preta

A série sem vitórias do Fluminense no Campeonato Brasileiro ficou ainda mais longa neste sábado. Nem mesmo o fato de atuar como mandante foi o suficiente para fazer a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo voltar a vencer neste sábado. O empate em 1 a 1 com a Ponte Preta no Maracanã foi o sexto jogo de um jejum que faz do rebaixamento uma ameaça real ao clube carioca. 

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

A situação poderia ser ainda pior para o Fluminense ao final desta rodada. Isso porque foi a Ponte Preta quem abriu o placar no confronto. Aos 36 minutos do segundo tempo, a bola chutada por Rafael Ratão bateu na trave e, em seguida, nas costas do goleiro Diego Cavalieri antes de entrar no gol. A igualdade demorou apenas três minutos para acontecer: Fábio Braga desviou cruzamento da direita e contou com toque do zagueiro Diego Sacoman para ver a bola entrando.

Veja fotos dos jogos desta rodada do Brasileirão

O que achou do jogo entre Fluminense e Ponte Preta? Comente

Com o resultado, o Fluminense chega ao final da 30ª rodada com 36 pontos, apenas quatro a mais do que o Criciúma -- primeiro time dentro da zona do rebaixamento e que ainda entra em campo neste sábado. Já a Ponte Preta permanece na vice-lanterna com 30 pontos e vê as chances de escapar do rebaixamento cada vez mais reduzidas.

Na próxima rodada, o Fluminense recebe o Vitória, no Maracanã, enquanto a Ponte Preta faz novo duelo direto contra a degola, desta vez em casa, contra o Vasco. Os dois jogos estão programados para o próximo domingo.

O jogo

As duas equipes começaram a partida com bastante cautela, muito preocupadas em se proteger e evitar uma surpresa negativa logo no início. O jogo se desenvolvia entre as duas intermediárias e ninguém se arriscava. Esta foi por sinal a tônica da primeira etapa: poucas oportunidades reais de gol, e todas perdidas pela má qualidade das finalizações.

Aos 22, Gum aproveitou um escanteio e cabeceia. Roberto fez grande defesa, mas a bola sobrou para Edinho tocar de cabeça para Biro Biro, que falhou na tentativa de concluir. A equipe de Campinas tentou responder no contra-ataque rápido. Rildo venceu a zaga na velocidade mas acertou a rede pelo lado de fora.

A melhor chance da Ponte no primeiro tempo foi aos 38, na cobrança de uma falta por Fellipe Bastos. O tiro saiu forte e Cavalieri espalmou. Ferrón tentou a conclusão e Leandro Euzébio salvou. Já o Flu quase chegou ao gol no finalzinho. Aos 43, Biro Biro novamente chutou muito mal chegando de trás após a cobrança de um escanteio.

Fábio Braga comemora gol de empate do Fluminense no Maracanã
Nelson Perez/Fluminense F.C.
Fábio Braga comemora gol de empate do Fluminense no Maracanã

O jogo seguiu equilibrado na segunda etapa. O Fluminense atacava mais, mas continuava sofrendo com a incompetência de seus homens de frente. A Ponte, por sua vez, atuava mais fechada mas levava perigo, como aos 23, quando Rafael Ratão furou um cruzamento da esquerda, na cara do gol.

A Ponte viu seu esquema dar frutos aos 36. Em mais um contra-ataque, os comandados de Jorginho trocam passes e Rafael Ratão tenta da entrada da área. A bola tocou na trave e no goleiro tricolor antes de entrar.

O gol fez o Flu se mandar com tudo em busca do empate, mas com os atacantes em péssima tarde, teve de contar com um gol contra de Diego Sacoman para conseguir o empate, aos 39, quando o zagueiro tentou interceptar um cruzamento da direita e mandou para o próprio gol.

FICHA TÉCNICA -  FLUMINENSE 1 X 1 PONTE PRETA
Local:
Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de outubro de 2013 (Sábado)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Janete Arcanjo (Fifa-MG) e Fabiano Ramires (ES)
Cartões Amarelos: Elias (Ponte)

Gols
FLUMINENSE: Diego Sacoman (contra), aos 39min do segundo tempo
PONTE PRETA: Diego Cavalieri (contra), aos 36min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno (Marcos Júnior), Gum (Fábio Braga), Rafinha e Leandro Euzébio; Edinho, Jean, Diguinho, Eduardo (Igor Julião); Biro-Biro e Samuel
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PONTE PRETA: Roberto, Régis, Ferrón, Diego Sacoman e Uendel; Alef, Baraka, Fellipe Bastos e Elias (Adrianinho); Rildo, Leonardo (Rafael Ratão)
Técnico: Jorginho

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.