Tamanho do texto

O novo treinador assumiu o São Paulo na antepenúltima posição, com 54% de risco de rebaixamento. Hoje o time está fora da zona de degola

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo
Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

Se vencer o Náutico nesta quarta-feira , no Morumbi, o São Paulo chegará a 19 pontos nos dez jogos comandados por Muricy Ramalho no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Superaria em um ponto a campanha total na primeira metade da competição, período em que o time foi dirigido por três treinadores diferentes: Ney Franco, Milton Cruz e Paulo Autuori.

Presidente que afastou Rogério Ceni sugere melhor cobrador de pênalti

Com Ney Franco, foram duas vitórias (2 a 0 sobre a Ponte Preta, em Campinas, e 5 a 1 sobre o Vasco, no Morumbi), dois empates (0 a 0 com o Atlético-MG, em Belo Horizonte, e 1 a 1 com o Grêmio, em Porto Alegre) e a derrota por 1 a 0 para o Goiás, em casa. Um aproveitamento de oito dos 15 pontos possíveis (53%).

Nesta quarta: São Paulo tenta vencer o lanterna para aumentar distância da degola

Demitido depois de tropeço na Recopa Sul-americana, o agora comandante do Vitória foi substituído em dois jogos pelo coordenador técnico Milton Cruz. O interino perdeu por 2 a 0 para o Santos e por 2 a 1 para o Bahia, ambos como mandante, até que o presidente Juvenal Juvêncio anunciasse Paulo Autuori, recém-saído do Vasco, como salvador.

Apesar do passado vitorioso no clube - campeão da Libertadores e mundial, em 2005 -, Autuori não fez jus à confiança nele depositada. O São Paulo foi derrotado em metade dos 12 jogos e acumulou dez pontos, com só duas vitórias (1 a 0 sobre o Náutico, no Recife, e 2 a 1 sobre o Fluminense, no Morumbi). Na sexta derrota, com rendimento de 28%, caiu para dar lugar a Muricy.

Confira a classificação do Brasileirão e os próximos jogos do campeonato

O novo treinador assumiu na antepenúltima posição, com 54% de risco de rebaixamento, nas contas de Tristão Garcia, matemático dedicado aos estudos do futebol. Com três triunfos seguidos, o time finalmente deixou a zona de descenso, para a qual voltou momentaneamente mais tarde, mas por apenas uma rodada. Neste momento, dois pontos o separam do 17º lugar.

Veja fotos da campanha do São Paulo no Brasileirão :

"Mudou a atitude", diz o meia Maicon, quando questionado sobre a diferença entre os turnos e os professores. "O Muricy nos falou diversas vezes que já tinham passado grandes treinadores por aqui e que, se a gente não tivesse atitude, não se doasse, poderia vir Deus que não mudaria nada. A gente é que tem que fazer valer".

Na prática, Muricy tem justificado o endeusamento por parte da torcida são-paulina. Se o campeonato tivesse começado no momento em que ele voltou ao clube onde foi tricampeão brasileiro como técnico, a equipe estaria em quarto lugar, uma vez que somou 16 pontos nos nove primeiros jogos do returno (59%), menos apenas do que Cruzeiro (19), Atlético-MG (17) e Vitória (16). Uma campanha capaz de classificação para a próxima Copa Libertadores, portanto.

P J V E D GP GC SG
Ney Franco 8 5 2 2 1 8 3 5
Milton Cruz 0 2 0 0 2 1 4 -3
Paulo Autuori 10 12 2 4 6 8 15 -7
Muricy Ramalho 16 9 5 1 3 9 7 2

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.