Tamanho do texto

Time goiano construiu o resultado ainda na etapa inicial e manteve o sonho de brigar por um lugar no G4 do Brasileirão. Já os baianos seguem próximos da zona de rebaixamento

O atacante Walter corre para festejar o primeiro gol do Goiás diante do Bahia, no Serra Dourada
Futura Press/Carlos Costa
O atacante Walter corre para festejar o primeiro gol do Goiás diante do Bahia, no Serra Dourada

Com três gols marcados no primeiro tempo, o Bahia encaminhou a vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, neste domingo, em partida disputada no Serra Dourada, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro . No segundo tempo, apesar de terem perdido Neto, expulso aos nove minutos, os baianos encontraram forças para marcar um gol, mas o que poderia se transformar em recuperação histórica não passou de ameaça.

Veja a classificação, tabela de jogos, notícias e artilharia do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Goiás chegou aos 40 pontos e manteve a possibilidade de brigar por um lugar no G4. Já o Bahia parou nos 36 e permanece a quatro da zona de rebaixamento.

O Bahia volta a campo na próxima quarta-feira, quando fará outro jogo fora, diante do Flamengo, no Maracanã. No dia seguinte, o Goiás enfrenta o Vasco no estádio Moacyrzão, em Macaé.

Veja fotos dos jogos da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013

O jogo
Logo no primeiro minuto do jogo, o Goiás chegou pelo lado esquerdo. William Matheus cruzou para Rodrigo Sasha, que não acertou a bola em cheio e facilitou a defesa de Omar. Dois minutos depois, Diones cruzou para Fernandão, que obrigou Renan a fazer boa defesa e mandar para escanteio.

No lance seguinte, o Esmeraldino abriu o placar. Walter escorou lançamento de cabeça, Eduardo Sasha avançou livre pela direita, entrou na área e chutou. A finalização saiu sem direção, mas Hugo, dentro da pequena área, empurrou para o fundo do gol.

Soberano na partida, o Goiás transformou o maior volume de jogo em novo gol aos 31 minutos. Vitor deu lançamento na medida para Walter, que saiu livre na frente de Omar e, com um toque sutil, encobriu o goleiro tricolor para ampliar o marcador.

Cinco minutos mais tarde, o Bahia conseguiu assustar novamente o Goiás. William Barbio aproveitou sobra após cobrança de falta e chutou de primeira, obrigando Renan a espalmar a bola. No rebote, auxiliar marcou impedimento do ataque tricolor.

Os esmeraldinos ampliaram o placar aos 38 minutos. Hugo recebeu na esquerda e finalizou com força para o gol. No rebote de Omar, Eduardo Sasha, livre de marcação, completou para o gol.

O Bahia voltou mais ofensivo para a segunda etapa. Cristóvão Borges promoveu a entrada do centroavante Souza na lugar do volante Diones. E aos sete minutos, o Tricolor criou a primeira chance na primeira etapa. Fernandão recebeu cruzamento e cabeceou firme para o gol. A bola passou com perigo ao lado da trave esquerda.

A situação do Bahia se complicou ainda mais aos nove minutos, quando Neto deu um carrinho violento no meia Roni e recebeu o cartão vermelho direto.

O Bahia aproveitou uma das poucas vezes em que teve espaço para trocar passes e chegou ao gol. Souza recebeu de costas para o gol e ajeitou para William Barbio, que entrou na área e chutou com força para o fundo das redes.

O Goiás ainda perdeu duas chances de transformar a vitória em goleada. Já nos acréscimos, Eduardo Sasha acertou a trave e Walter obrigou Omar a fazer boa defesa.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 3 X 1 BAHIA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 13 de outubro de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Márcio Gleidson Correia Dias e Rener Santos de Carvalho

Cartões amarelos: Tite (Bahia) e Thiago Mendes (Goiás)

Cartões vermelhos: Neto (Bahia)

Gols: GOIÁS: Hugo, aos quatro minutos do primeiro tempo, Walter, aos 31 minutos do primeiro tempo e Eduardo Sasha, aos 38 minutos do primeiro tempo
BAHIA: William Barbio, aos 23 minutos do segundo tempo

GOIÁS: Renan; Vitor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral (Juliano), Thiago Mendes, Hugo (Dudu Cearense), Roni (Renan Oliveira) e Eduardo Sasha; Walter
Técnico: Enderson Moreira

BAHIA: Omar; Neto, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Diones (Souza) e Hélder; Wallyson (Fabrício Lusa), William Barbio (Anderson Talisca) e Fernandão
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.